Boletim
Online

Esse é o nosso informativo online. Aqui você encontrará nosso editorial da semana, notícias e o Roteiro de Célula.

Tema: Família Discipulada

Série "Família"

Compartilhe:

Editorial

Dou graças a Deus, a quem, desde os meus antepassados, sirvo com a consciência limpa, porque, sem cessar, lembro de você nas minhas orações, noite e dia. Lembro das suas lágrimas e estou ansioso por ver você, para que eu transborde de alegria. Lembro da sua fé sem fingimento, a mesma que, primeiramente, habitou em sua avó Loide e em sua mãe Eunice, e estou certo de que habita também em você. […]  Quanto a você, permaneça naquilo que aprendeu e em que acredita firmemente, sabendo de quem você o aprendeu e que, desde a infância, você conhece as sagradas letras, que podem torná-lo sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o servo de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra (2 Timóteo 1.3-5; 3.14-17 – NAA).

Esse trecho da segunda carta de Paulo ao seu amado Timóteo revela preciosidades do longevo e consistente discipulado recebido na família e complementado na igreja. O discipulado de Timóteo nasceu por meio do modelo de sua avó e mãe, enraizou-se no ensino das Escrituras, desenvolveu-se na amizade autêntica com Paulo e foi sustentado pela intercessão do apóstolo.

Discipulado nasce na influência de pessoas: sua fé sem fingimento, a mesma que, primeiramente, habitou em sua avó Loide e em sua mãe Eunice. A maneira como primeiro aprendemos é pela influência do modelo que recebemos na infância. Interessante Paulo ter descrito o ambiente familiar de Loide e Eunice caracterizando-o pela fé sem fingimento. Dentro daquela casa havia fé genuína, sem estereótipos, que não buscava impressionar outros, nem construir boa reputação. Criam pra valer. Exalavam fé nos momentos de alegria mas também de tristeza, de tranquilidade mas também de adversidade. Estavam discipulando, mesmo sem ter consciência. Timóteo recebeu grande legado na convivência com essas mulheres de fé sem fingimento.

Discipulado firma-se na aprendizagem da Palavra: permaneça naquilo que aprendeu e em que acredita firmemente, sabendo de quem você o aprendeu e que, desde a infância, você conhece as sagradas letras. A fé dessas mulheres não era baseada em suas opiniões próprias, em sabedoria humana, em crendices culturais. Criam nas Escrituras e faziam da Palavra o alicerce sobre o qual estabeleciam o olhar para a vida, ao que deveriam dar ouvidos, as palavras que mereciam sair da boca, a correta leitura das circunstâncias, a construção de valores, a tomada de decisões, as ações e reações. Naturalmente sabiam que a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o servo de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.

Discipulado cresce na amizade autêntica: lembro das suas lágrimas. Ao mostrar suas lágrimas, Timóteo revelou coração quebrantado e transparente em suas vulnerabilidades, consciente do quanto depende de alguém o socorrendo, do quanto precisa receber proteção, orientação e força. Disso nasceu relacionamento profundo e verdadeiro, amizade genuína e aberta. O discipulado não consegue se desenvolver se houver olhos secos, coração indiferente, atitude fria e distante, conversas formais e superficiais. Mostrar-se vulnerável parece fraqueza, mas, na verdade, exige muita coragem.

Discipulado sustenta-se na intercessão constante: sem cessar, lembro de você nas minhas orações, noite e dia. Em resposta à amizade sincera de Timóteo, Paulo respondeu com sensibilidade e interesse real por meio de uma intercessão intensa e contínua. Intercedeu, pois lembrou-se das lágrimas. Intercedeu, pois amava seu discípulo. Intercedeu, pois se importava pra valer. A intercessão eficaz é dirigida pelo Espírito Santo, discerne o mundo espiritual e emocional, fortalece a fé, não nega nem se desanima diante da realidade contrária, produz efeitos reais e de impacto.

Quanta riqueza Timóteo pôde viver no ambiente do discipulado na família, por intermédio de sua avó e mãe, e na igreja, por meio do apóstolo Paulo. Esse desenho é desejável e possível nos dias de hoje. Busque pessoas maduras na fé para mudar o ambiente da sua casa. Vamos dar passos firmes e intencionais para termos famílias discipuladas.

Rodolfo Montosa

Missão Integral

Lar Maria Tereza Vieira

O Lar Maria Tereza Vieira realizou uma feijoada beneficente no dia 28 de agosto com o objetivo de angariar recursos para quitar a mão de obra da pintura do Lar. A instituição conta com a ajuda das Igrejas Presbiterianas Independentes do Presbitério de Londrina para dar aos idosos todo o cuidado e dignidade que merecem. Agradecemos a participação de todos nesse evento.

O lar foi fundado em 1998. Hoje, residem 55 idosos com vários tipos de dependência. Temos profissionais como psicólogo, nutricionista, assistente social, fisioterapeutas e uma equipe de enfermagem, totalizando 44 funcionários. Nossa missão é dar amor e cuidado aos idosos, por meio da qualidade de vida e dignidade nos pequenos detalhes do dia a dia.

Flávia Vicente – diretora


INTERCESSÃO MUNDIAL

Líbia

Como é a perseguição aos cristãos na Líbia?

Quando uma pessoa na Líbia deixa o islamismo para seguir a Cristo, enfrenta uma imensa pressão por parte da família para renunciar à fé. Seus vizinhos e todo o resto da comunidade a isolam e ela pode ser deixada sozinha, sem casa e emprego. Se um cristão líbio compartilha sua fé com mais alguém, provavelmente será denunciado, preso e enfrentará punições violentas. O país não tem um governo central, então as leis não são aplicadas de forma uniforme, deixando cristãos em perigo evidente e risco de perseguição pública. Sequestros e execuções são sempre uma possibilidade para cristãos. Para estar seguro, um cristão na Líbia deve ser um cristão secreto.

Infelizmente, a situação na Líbia permanece a mesma dos últimos anos. Isso se dá em grande parte devido à falta de um governo central que quebre o ciclo dos conflitos armados no país. A perseguição sistêmica de qualquer um que deixa o islamismo é tolerada e esperada na sociedade líbia. A falta de proteção legal e a mudança nas leis de posse de propriedade significam até mesmo que congregações expatriadas “aprovadas”, que se encontravam em um local há décadas, de repente sejam despejadas porque o novo dono quer usar a propriedade.

Cristãos são vulneráveis em toda a Líbia, tanto os que vivem no país, como os que estão de passagem a trabalho ou aqueles que tentam chegar à Europa para começar uma nova vida. Grupos extremistas estabeleceram pontos de controle em áreas específicas do país. Cristãos migrantes de outras regiões da África são frequentemente mantidos em centros de detenção superlotados na capital. Em alguns casos, cristãos que são presos são entregues diretamente a grupos criminosos ou traficantes de pessoas e forçados ao trabalho agrícola intensivo ou à prostituição.

Pedidos de oração da Líbia

-Ore pelos cristãos que devem manter a fé em Jesus em segredo ou enfrentar possíveis prisões e até mesmo escravidão. Peça a Deus para lhes dar tempos calorosos de comunhão com ele.
-Peça a Deus para trazer estabilidade para a Líbia por meio de um governo que se esforce para cumprir a lei e tornar a nação um lugar melhor. Deus mantém o coração dos reis em suas mãos.
-Apresente os parceiros locais da Missão Portas Abertas enquanto buscam, cuidadosamente, cristãos em uma sociedade em que a pergunta errada para a pessoa errada pode gerar problemas. Peça por sabedoria, graça e proteção para eles enquanto ajudam os cristãos de lá.

Fonte: portasabertas.org.br

Tome Nota!

Escola Bíblica Esperança – Em setembro terá início o módulo 3 da EBE. Cursos oferecidos:As três dimensões do casamento; Facilitadores de Ajuda Mútua; Louvor e adoração; Livros proféticos; Apocalipse; Noivos. Informações e inscrições aqui.

Curso Vida Nova – De 18 de setembro a 9 de outubro teremos o Curso Vida Nova, destinado a quem deseja ser membro da Igreja. Serão 4 aulas, aos domingos, das 10h às 11h30, no Espaço Esperança.Inscrições até 16 de setembro. Inscrições aqui.

Bazar do Hafura – No dia 17 de setembro, sábado, haverá um bazar de roupas femininas e masculinas seminovas em prol do Projeto Hafura. Horário: 9h às 14h. Local: Colégio Pgd  (Rua Ulrico Zuinglio, 1055).

Para a sua Célula

Princípio

Princípio do Amor Incondicional (João 13.34-35; Romanos 5.8; 1 Coríntios 13.4-8; Colossenses 3.12-14; 1 João 3.16,18) Por causa do amor de Deus por nós, eu decido amar você em Cristo, independentemente do que diga ou faça, se concordo ou não com as suas ações. Vou amar você como uma pessoa amada por Cristo.

Edificação na Célula

Texto Bíblico:

2 Timóteo‬ 1.3-5; 3.14-17

Interação:

Discipular é dar instrução, ensinar, encaminhar. Jesus deixou instrução em relação ao discipulado: Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações (…), ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos (Mateus 28.19, 20 – NVI). O discipulado começa em nossos lares, de geração em geração. Nasce por influência de pessoas importantes em nossa vida, firma-se na aprendizagem da Palavra, cresce na amizade autêntica com nossos irmãos na fé e sustenta-se na intercessão constante. Portanto, discipulado é comunhão, aprendizagem, partilhar o pão. Vamos refletir em nossa célula a respeito de como dar passos firmes em direção ao bom discipulado. (Paulo Povedano)

Algumas perguntas para reflexão:

1.Para você o que é discipulado?
2.Você já teve a oportunidade de ser discipulado ou discipular alguém? Compartilhe essa experiência.
3.De que maneira o discipulado pode ser praticado no ambiente familiar?
4.De que maneira o discipulado põe a fé em ação?

 

Crianças:

As crianças fazem parte da célula, por isso é importante mantê-las engajadas e participando da comunhão, de forma criativa.

“Criação e ação” – Nesta semana as crianças estudarão a lição 11 do Material de Tema Único. Título: Tudo dará certo! Princípio: Deus tem um plano para mim. Versículo para decorar: Eu me ajoelhei e adorei a Deus. E louvei o Senhor… que me guiou (Gênesis 24.48 – NTLH).

 

Continue lendo

Nossos Boletins

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis