Boletim
Online

Esse é o nosso informativo online. Aqui você encontrará nosso editorial da semana, notícias e o Roteiro de Célula.

Tema: Família avivada

Série "Família"

Compartilhe:

Editorial

No dia seguinte, partimos e fomos para Cesareia. E, entrando na casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. Filipe tinha quatro filhas solteiras, que profetizavam. Demorando-nos ali alguns dias, veio da Judeia um profeta chamado Ágabo. (trecho de Atos 21.7-16 – NAA)

Por volta do ano 58 d.C., Lucas, o autor do livro de Atos, relata esse episódio ocorrido na casa de Filipe, mostrando uma família avivada. A história da família de Filipe aponta o que Deus pode e quer fazer também em nossa família. Vejamos três características nessa história que podem nos inspirar.

Filipe, o evangelista, que era um dos sete da turma chamada ao serviço da diaconia (Atos 6.5; 8.5), tinha boa reputação, era cheio do Espírito e de sabedoria (Atos 6.3). Ao redor do ano 35 d.C., sob dura perseguição, saiu de Jerusalém para Samaria, onde se tornou evangelista – proclamador das boas-novas,  operando sinais e maravilhas, sendo canal para conversão de muita gente, incluindo Simão, o mágico (Atos 8.5-13), e o eunuco etíope (Atos 8.26-40). Teve experiências sobrenaturais com anjos (Atos 8.26) e até com arrebatamento (Atos 8.39-40). Nada disso foi fogo de palha. Mais de vinte anos se passaram e a casa de Filipe continuava firme na fé mostrando que uma família avivada é construída ao longo do tempo. Por isso, é necessário servir, proclamar, perseverar e manter a chama acesa no decurso de nossa caminhada na presença do Pai.

Filipe tinha quatro filhas solteiras, que profetizavam. Interessante lembrar que, segundo estudiosos, nessa ocasião, Paulo já tinha escrito a primeira carta aos Coríntios orientando aos leitores: procurem com zelo os dons espirituais, principalmente o de profetizar; o que profetiza fala para as pessoas, edificando, exortando e consolando; procurem com zelo o dom de profetizar (1 Coríntios 14.1, 3, 39). Muito influenciado pelo ensino paulino, além das maravilhosas experiências sobrenaturais de Filipe, Lucas agora destaca que suas filhas também eram cheias do Espírito Santo e fluíam no dom de profetizar, mostrando que uma família avivada alcança a próxima geração. Por isso, é necessário envolver todos da nossa casa nos testemunhos e experiências que temos com Jesus.

Demorando-nos ali alguns dias, veio da Judeia um profeta chamado Ágabo. Não bastasse hospedar Paulo, Lucas e seus companheiros, Filipe abre sua casa para outro profeta experiente chamado Ágabo (Atos 11.28) que prevê o que aconteceria a Paulo quando chegasse em Jerusalém. Histórico encontro entre eles, Filipe e suas filhas, Paulo e Ágabo. O ministério profético é incentivado em ambiente de profetas. Casa de profetas atrai profetas. Casa avivada atrai avivalistas. Casa ungida atrai ungidos. Os céus estavam abertos a essa casa que se abria para acolher a família da fé, mostrando que uma família avivada envolve-se com outras pessoas avivadas. Por isso, é necessário abrirmos nossa casa e interagirmos com outras pessoas cheias do Espírito Santo de Deus.

Além de uma família resgatada e muito bem discipulada, é plano do Senhor fazer-nos família avivada, cheia do amor que acolhe e dos dons que edificam. Vamos crer, orar e buscar com todo nosso coração para que a vontade do Senhor se cumpra em nossa família. Aviva-nos, Senhor!

Pr. Rodolfo Montosa

Missão Integral

Cristãos secretos da Península Arábica precisam de oração

Cristãos árabes isolados contam com as orações da igreja global para enfrentar a perseguição.

Conheça abaixo a história de três cristãos perseguidos na Península Arábica que precisam das orações da igreja global para continuarem caminhando com Jesus.

Xavier

O cristão Xavier* e a família se converteram há pouco tempo. Apesar de se sentirem isolados na Península Arábica, eles estão aprendendo como seguir a Jesus durante os afazeres do dia a dia e como crescer em comunidade por meio da palavra de Deus.

-Ore para que Xavier tenha sabedoria para educar os filhos e para que as crianças entendam o amor de Deus e escolham segui-lo também.
-Peça a Deus que a família de Xavier seja luz para os vizinhos e que eles continuem firmes, crescendo no conhecimento do Senhor.

Ava e Eliana

Mesmo antes de aprender a ler, Ava* buscava respostas. Ela conheceu Jesus há muitos anos e desde então encontrou o sentido da vida. Ela estava procurando uma comunidade cristã, quando encontrou uma amiga, Eliana*, com quem tem aprendido sobre a caminhada com Cristo, há dois anos.

Ava e Eliana têm buscado outros cristãos locais para se fortalecerem como igreja. Ava também está angustiada pelo relacionamento desgastado com a mãe, que não aprova a conversão ao cristianismo.

-Ore para que a amizade entre Eliana e Ava cresça e que elas encontrem outros cristãos.
-Interceda pelo relacionamento entre Ava e a mãe, para que elas se reconciliem e para que a mãe de Ava tenha um encontro com Jesus.

Neta

Neta*, uma seguidora de Jesus Cristo, e a mãe apresentaram o evangelho para os parentes no ano passado. Depois de muitas orações e encontros, os filhos de Neta conheceram outros cristãos e decidiram seguir a Jesus também. Uma das filhas, no entanto, decidiu voltar ao islamismo.

-Ore para que a família recém-convertida continue amando a filha que decidiu seguir outra religião e que, em breve, ela também seja alcançada pela graça de Jesus.
-Interceda por Neta e família para que encontrem outros cristãos locais com quem possam crescer na fé em Jesus.

*Nomes alterados por segurança.

Missão Portas Abertas


INTERCESSÃO MUNDIAL

Iêmen

 Como é a perseguição aos cristãos no Iêmen?

 A maioria dos cristãos iemenitas são convertidos do islamismo e devem viver a fé em segredo, pois a conversão é proibida tanto pelo islã como pela lei. Os cristãos são pressionados, tanto pelo governo quanto pelas comunidades, a negar a Jesus. Eles podem ser presos, interrogados e ameaçados de morte por familiares e extremistas islâmicos.

A cultura iemenita é tribal e, muitas vezes, a punição tribal por deixar o islã pode ser a morte ou o ostracismo. Tanto homens quanto mulheres ex-muçulmanos casados com muçulmanos podem ser obrigados a se divorciar e perder a custódia dos filhos.

Os cristãos iemenitas são excluídos em ações de socorro imediato, distribuídas por líderes muçulmanos e mesquitas locais. Esses grupos foram acusados de discriminar qualquer pessoa que não seja considerada um muçulmano devoto.

O que mudou este ano?

A perseguição aos cristãos no Iêmen ainda é extrema e fez o país subir duas posições na Lista Mundial da Perseguição 2022. Os que deixaram o islã para seguir a Jesus vivem sob alta pressão em todas as esferas da vida.

Por isso, abusos físico e mental, violência sexual, casamento forçado e expulsão são as consequências que enfrentam por amor a Cristo. Além disso, os ataques de extremistas islâmicos durante a pandemia de COVID-19 e a guerra civil tornaram a vida cotidiana dos cristãos ainda mais difícil no país.

O que a Portas Abertas faz para ajudar os cristãos no Iêmen? 

A Missão Portas Abertas apoia os cristãos em toda a Península Arábica por meio da oração, distribuição de Bíblias e literatura cristã e treinamentos. Para proteger as pessoas envolvidas, não publicamos informações detalhadas sobre esses programas.

 Pedidos de oração do Iêmen:

-Interceda pelo povo iemenita e pelo governo iemenita. Peça por paz, estabilidade e liberdade para que todas as pessoas vivam com esperança e tranquilidade.
-Ore pelos cristãos secretos que vivem sob constante ameaça. Peça que Deus dê coragem, sabedoria e ousadia, para viverem o evangelho plenamente. Que Jesus dê conforto a todos que estão traumatizados pela guerra.
-Clame por todas as pessoas no Iêmen que estão em busca da verdade, que elas sejam alcançadas pelo amor de Deus via televisão, rádio e internet.

Fonte: portasabertas.org.br

Tome Nota!

Curso Vida Nova – De 24 a 27 de outubro teremos o Curso Vida Nova, destinado a quem deseja ser membro da Igreja. Serão quatro aulas, de segunda a quinta, das 20h às 21h30, pelo Zoom. Inscrições até 21 de outubro. Inscreva-se aqui.

 Curso para Noivos – De 8 a 29 de outubro teremos o Curso para Noivos. Horário: 14h às 16h, pelo Zoom. Inscrições até 7 de outubro. Inscreva-se aqui.

Facilitadores da Área Infantil – No dia 1 de outubro, sábado, das 14h às 17h30, teremos um workshop para facilitadores que ministram as crianças durante as celebrações e nos encontros das células. Será um tempo especial para aprendizado e troca de experiências. Local: Espaço Esperança. Informações e inscrições pelo telefone 3376-7441.

Pastoral sobre Eleições – No dia 24 de setembro, às 17h, no Espaço Esperança, teremos uma pastoral sobre eleições. Vamos refletir e buscar na Palavra de Deus a orientação sobre o tema. Ressaltamos que não será permitida a participação de candidatos e não faremos indicação quanto ao voto. Será um tempo de reflexão e oração. Se você tiver dúvidas ou perguntas, envie para o WhatsApp 43 9 9182-1319.

Para a sua Célula

Princípio

Princípio da Assertividade (Mateus 5.37; Romanos 15.2,14; Gálatas 6.1; Efésios 4.15) Vou conversar com você no tempo certo, de maneira franca, respeitosa, direta, amorosa, sincera e controlada, a respeito de situações pessoais e da maneira de viver a vida cristã. Desse modo, a cada dia, cresceremos na comunhão, na fé e no amor, e nos revestiremos continuamente de Cristo.

Edificação na Célula

Texto Bíblico:

Atos 21.7-16

Interação:

Família resgatada, discipulada e avivada no Espírito Santo: assim era a família de Filipe (Atos 21.9-10). Ele foi pai de quatro profetizas. Em sua casa recebeu Ágabo, que profetizou a prisão de Paulo em Jerusalém (Atos 21.11). Paulo se movia sempre direcionado pelo Santo Espírito, assim, incentivava o avivamento orientando a busca dos dons espirituais, especialmente o de profetizar, porque esse dom edifica a igreja. Famílias avivadas atraem pessoas avivadas. O avivamento é construído ao longo do tempo. Por isso, é necessário servir, proclamar, perseverar e manter a chama acesa no decurso de nossa caminhada na presença do Pai. Vamos refletir em nossa célula a respeito de como ser avivado e avivar nossa família. (Paulo Povedano)

Algumas perguntas para reflexão:

1- Qual é a sua percepção de avivamento na família, na célula e na igreja? Você anseia pelo avivamento?
2- O que você entende que seja preciso para sermos uma família avivada?
3- Vamos orar para que sejamos avivados enquanto família.

Crianças:

As crianças fazem parte da célula, por isso é importante mantê-las engajadas e participando da comunhão, de forma criativa.

“Criação e ação” – Nesta semana as crianças estudarão a lição 12 do Material de Tema Único. Título: Deus não vacila. Princípio: Deus cumpre a promessa. Versículo para decorar: Eu estarei com você e o abençoarei (…) assim cumprirei o juramento que fiz a Abraão, o seu pai (Gênesis 26.3 – NTLH).

Continue lendo

Nossos Boletins

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis