Conteúdo e Mídia

Mensagens

Mensagem de 10.06.18

Para louvor da glória da sua graça, pela qual nos fez aceitáveis a si no Amado (Efésios 1.6 Bíblia King James).
 

O apóstolo Paulo poderia ter se referido a Jesus como: Salvador, Filho do Homem, Filho de Deus, Cordeiro. No entanto, decidiu identificá-lo como Amado, porque Jesus é o Filho amado: E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo (Mt 3.17). A grande revelação do Pai: Filho amado. Essa é a sua identidade, firmada não apenas no dia em que Jesus foi batizado, mas reafirmada pelo Pai em uma ocasião muito especial, na transfiguração: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo, a ele ouvi (Mt 17.5b). A declaração do Pai veio do céu e foi testemunhada, publicamente, por João Batista e pelos discípulos. Era para ser pública e divulgada: Jesus é o Filho amado. Testemunho que chegou a Paulo, por isso ele afirma ser Jesus, o Amado. Revelação que chegou até nós.

O Amado é o servo escolhido: Eis aqui o meu servo, que escolhi, o meu amado, em quem minha alma se compraz. Farei repousar sobre ele o meu Espírito, e ele anunciará juízo aos gentios (Mt 12.18). Jesus, tendo assumido a forma humana, trata as pessoas com misericórdia e no seu nome todos têm esperança (Mt 12.19-20). O Amado trata cada um com amor, ele não nos abandona. Talvez, você, em algum momento da caminhada da sua vida, tenha ouvido uma voz: Você acredita realmente que Jesus o ama?  Não deixe que a voz do inimigo cresça em sua mente, em seu coração. Confie no Amado, receba o seu amor, descanse nos seus braços. 

O Amado nos faz conhecer o Pai, nos faz receber o amor do Pai: Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja (Jo 17.26). O filho tem acesso ao pai e nós, como filhos, temos acesso ao Pai. O Pai nos vê como filhos amados e filhas amadas. O Pai nos ama!

O Amado é quem se entregou para ser humilhado, torturado, maltratado, tudo por amor. Jesus deu a sua vida por você e por mim. A morte de cruz foi a maior prova de amor que cada um poderia receber. O maior presente que recebemos. Somos amados, de maneira intensa, e é esse amor que deve transbordar para as pessoas que estão ao nosso redor. Amamos com o amor que Jesus derrama em nosso coração. Amamos porque ele é amor. Entregue sua vida nas mãos do Amado e deixe que ele o leve ao encontro das pessoas, para amá-las.

O Amado se entregou pela sua amada, sua igreja. E ele é quem cuida da sua noiva.  Até aquele dia em que nos alegraremos, porque será o dia da grande festa, o dia em que celebraremos o casamento do Amado e sua noiva. Jesus virá, o Amado virá. Meu convite é para você fazer essa declaração, totalmente entregue: Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu (Ct 6.3).

Revª Maria Helena Santos Faleiros