Conteúdo e Mídia

Mensagens

Mensagem de 31.12.17

O sol nasceu quando Jacó estava saindo de Peniel, e ele ia mancando por causa do golpe que havia levado na coxa (Gênesis 32.31 - NTLH).

Certas pessoas já nascem lutando, e toda a sua jornada é marcada por grandes desafios. Foi assim com o patriarca Jacó, filho de Isaque. Já no ventre de sua mãe Rebeca, Jacó lutava com seu irmão Esaú: Na barriga dela havia gêmeos, e eles lutavam um com o outro (Gênesis 25.22 - NTLH).

Quando do seu nascimento, o parto de Rebeca foi um tanto traumático: Chegou o tempo de Rebeca dar à luz, e ela teve dois meninos.  O que nasceu primeiro era vermelho e peludo como um casaco de pele; por isso lhe deram o nome de Esaú. O segundo nasceu agarrando o calcanhar de Esaú com uma das mãos, e por isso lhe deram o nome de Jacó. Isaque tinha sessenta anos quando Rebeca teve os gêmeos (Gênesis 25.24-26 – NTLH).

Seu irmão Esaú era um perito caçador; Jacó, homem pacato. O pai de Jacó amava mais a Esaú seu irmão (Gênesis 25.27-28). Até aqui já listamos alguns conflitos vividos por Jacó, desde sua vida intrauterina, seu nascimento, seu relacionamento com o pai. Mas não ficou aqui, entrou em choque com o seu irmão. Aconselhado por sua mãe, Jacó enganou seu próprio pai Isaque e roubou a bênção que era do seu irmão Esaú (Gênesis 27.18-29, 34-35). Isso lhe custou um preço alto. Esaú ficou com ódio de Jacó porque o seu pai tinha dado a ele a bênção. Então pensou assim: “O meu pai vai morrer logo. Quando acabarem os dias de luto, vou matar o meu irmão” (Gênesis 27.41- NTLH). A solução encontrada por Jacó, novamente foi sugerida por sua mãe: Rebeca ficou sabendo do plano de Esaú e mandou chamar Jacó. Ela disse: — Escute aqui! O seu irmão Esaú está planejando se vingar de você; ele quer matá-lo. Por isso, meu filho, preste atenção. Vá agora mesmo para a casa de Labão, o meu irmão, que mora em Harã (Gênesis 27.42-43 – NTLH). Agora Jacó é um homem marcado para morrer e um fugitivo.

As tempestades não cessaram na vida desse homem. Agora ele vai ser enganado por seu tio Labão: Acontece que Labão tinha duas filhas. A mais velha se chamava Leia, e a mais moça, Raquel. Como Jacó estava apaixonado por Raquel, respondeu: — Trabalharei sete anos para o senhor a fim de poder casar com Raquel. Quando passaram os sete anos, Jacó disse a Labão: — Dê-me a minha mulher. O tempo combinado já passou, e eu quero casar com ela.  Labão deu uma festa de casamento e convidou toda a gente do lugar. Só na manhã seguinte Jacó descobriu que havia dormido com Leia. Por isso foi reclamar com Labão. Ele disse: — Por que o senhor me fez uma coisa dessas? Eu trabalhei para ficar com Raquel. Por que foi que o senhor me enganou?  (Gênesis 29.16, 18, 21-22, 25 - NTLH).

Podemos afirmar que Jacó experimentou reveses os mais duros. Depois de vinte anos longe dos pais e temeroso de encontrar seu irmão Esaú, Jacó retornou, passou uma noite no vale lutando com um anjo e então tudo mudou, a começar pelo seu próprio nome: Perguntou-lhe, pois: Como te chamas? Ele respondeu: Jacó. Então, disse: Já não te chamarás Jacó, e sim Israel, pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste (Gênesis 32.27-28). Esse lance tem o seu clímax com estas palavras: O sol nasceu quando Jacó estava saindo de Peniel.

Creio que você concorda comigo que a história de Jacó é bem parecida com a história de muitos. Quantos traumas, conflitos, revoltas. Que bom sabermos que há uma esperança. A desordem, o caos podem mudar, tudo pode ser diferente. Todos os vales serão aterrados, e todos os morros e montes serão aplanados; os terrenos cheios de altos e baixos ficarão planos, e as regiões montanhosas virarão planícies. Então o Senhor mostrará a sua glória, e toda a humanidade a verá. O próprio Senhor Deus prometeu que vai fazer isso (Isaías 40.4-5 - NTLH).

Não sei qual é a sua história de vida. Posso, sim, afirmar que o Deus de Jacó é o nosso Deus. Podemos cantar, o sol vai nascer.

Rev. Messias Anacleto Rosa