Conteúdo e Mídia

Mensagens

Mensagem de 16.06.19


Se tu és Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. Jesus, porém, afirmou-lhe: Está escrito! (Mateus 4.3-4).


O meio em que vivemos, nossos pais, familiares, amigos, ambiente de trabalho, escola, faculdade e até a igreja, diariamente nos influenciam em nosso jeito de ser, pensar e agir. Isso ocorre desde o nascimento e, na maior parte do tempo, de forma imperceptível. Algumas influências ajudam diretamente na formação do nosso caráter e princípios, outras, em vez de nos ajudarem a crescer, nos levam a decisões que podem nos causar grandes problemas. Não podemos nos enganar pensando que temos controle sobre todos os tipos de influências que recebemos, tanto boas quanto ruins; mas o que faremos com elas é que dirá o quanto temos sido seus escravos.

Você deve se lembrar da história de João Batista que, depois de anunciar a vinda de Jesus, teve sua cabeça cortada por causa da má influência que Herodes recebeu (Marcos 6.14-29). A Bíblia nos conta que Herodes, apesar de temer a influência de João Batista e até reconhecer que ele era um homem justo e santo, não teve força para dizer não a um pedido tão maldoso de um coração mal-intencionado. Em nossos relacionamentos, será que não temos prejudicado ou até matado emocionalmente pessoas por causa de más influências que temos recebido? Herodes, apesar de admirar e ouvir com prazer as palavras de João Batista, não quebrantou seu coração a essas palavras e, por isso, não encontrou força para se desligar dessa influência tão maléfica em sua vida.

O que fazer, então, para nos desligar das más influências que receberemos e não cometer o mesmo erro que Herodes?

Nosso maior exemplo é Jesus! Ele foi humano e recebeu influências como todos nós, porém soube blindar seu coração, suas emoções e sua razão contra as influências recebidas. Quando foi tentado pelo diabo, não se deixou influenciar pelas palavras e intenção daquele que queria frustrar os planos de seu Pai. E como ele conseguiu? Mantendo-se firme na Palavra (Mateus 4.4, 7, 10)! Jesus sabia que sua maior arma contra toda e qualquer influência maléfica era a Palavra de Deus! Foi assim que Jesus conseguiu desligar-se das más influências que o diabo estava tentando imprimir em sua vida. Ele tinha convicção de que era Filho de Deus e de que não existia nada mais importante que isso. Ele sabia que tudo que seu Pai possuía também era seu e, por isso, não precisava desejar as riquezas finitas que o mundo oferece; também sabia que Yahweh é o único Deus que merece ser adorado, e isso de eternidade em eternidade.

Assim, é necessário conhecermos a Palavra de Deus, pois jamais deixará dúvidas sobre nossa identidade, nosso maior tesouro e nosso Deus! Ela confrontará as maldades que nos rodearem e nos trará convicção de propósito. Quando alguma influência ruim vier até você, não tenha medo, debruce-se sobre a Palavra, pois ela blindará o seu coração e sua mente, fazendo com que você caminhe firme nos propósitos e influências de Jesus!


Camila Palhão Zemuner

 

 

Igreja IPI