Conteúdo e Mídia

Mensagens

João 20

As Escrituras são a mente de Deus. Para pensar como Deus é necessário pensar nas Escrituras. Daí nasce o título do tema de abril: BIBLICAMENTE. Não haveria jeito melhor do que iniciar comemorando a Páscoa como o evento que reflete o clímax das Escrituras: a morte e ressurreição de Cristo. A história de redenção do Universo passa por esse evento. Seu legado pode ser percebido nos primeiros episódios ocorridos em seguida:

Pedra Removida (João 20.1-10). Maria Madalena foi ao túmulo e viu que a pedra da entrada tinha sido removida. O espanto foi enorme. Muitas perguntas subiram ao seu coração, mas a resposta a todas elas foi uma só: A pedra já estava removida! Ou seja, aconteceu o que Jesus disse que aconteceria, ele já estava ressurreto. Jesus já limpou o caminho para nossos pés andarem tranquilamente, não há o que temer, as pedras já foram removidas, aleluia!

Espírito Derramado (João 20.19-23). Jesus entrou, mesmo com as portas trancadas, mostrando que não existem limites para seus propósitos. Encontra seus discípulos com muito medo. Por isso ministra de maneira tão amorosa: Que a paz esteja com vocês! Fala isso por duas vezes. Todos foram invadidos por profunda alegria. Mas o melhor estava por vir. Soprou sobre eles e disse-lhes: Recebam o Espírito Santo. Que legado foi deixado sobre nossa vida! O impacto é uma vida plena e em total liberdade.

Fé Fortalecida (João 20.24-29). Mesmo com tantos testemunhos a respeito da ressurreição, Tomé não acreditou. Atenciosamente, Jesus novamente aparece para mostrar as marcas em suas mãos e fazê-lo tocar em seu lado que havia sido traspassado pela espada. Quanto amor demonstrado para fortalecer a fé a ponto de ficar inabalável. Que legado deixado pelo autor e sustentador da nossa fé! O impacto é nunca mais duvidar.

Vida Concedida (João 20.30-31). Os discípulos viram Jesus realizar muitos outros sinais além dos que foram registrados pelos Evangelhos, e os que foram registrados já são suficientes para gerar fé e convicção de que seu ministério foi, definitivamente, transformador, trazendo salvação e redenção para todo aquele que nele crê. Agora, temos vida concedida pelo Filho, vida plena e abundante. Glórias a Jesus!

Da mesma maneira, ainda nos dias de hoje, podemos usufruir do legado deixado por Jesus na Páscoa, quando ele mesmo foi o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Vamos adorá-lo!


Daniel Zemuner e Rodolfo Montosa

 

 

 

Igreja IPI