Conteúdo e Mídia

Mensagens

Mensagem de 10.11.19


Se alguém obrigar você a andar uma milha, vá com ele duas (Mateus 5.41 – NAA).


Sei que existem situações na vida que se tornam bastante indesejáveis, especialmente em determinados relacionamentos. Aqui é quando muitos desistem no meio do caminho. Porque foram contrariados, rompem amizades. Porque foram traídos, interrompem relações. Porque foram desapontados, deixam o convívio.

Pense um pouco comigo: amar a quem o ama é algo que todo mundo faz, pelo menos em tese. Agora, como alguém poderá amar, de coração, uma pessoa declaradamente inimiga? Digo-lhe, com toda a franqueza, que você jamais conseguirá isso por você mesmo. Somente eu consigo, porque sou a plenitude do amor. Quando você está inteiramente na minha presença, esse amor cresce sem medida, a ponto de transbordar a favor de seu próprio inimigo. O amor não vê a quem. O amor simplesmente acontece. Assim como derramo minha chuva sobre justos e injustos, como faço nascer o sol sobre maus e bons, meu amor em você alcançará a todos ao seu redor, inclusive seus opositores e adversários. Minha influência sobre você o conduz a uma caminhada de perdão, brandura e tolerância.

Quero dizer que eu mesmo o conduzo a uma vida de total liberdade de qualquer sentimento de rancor e ressentimento. Quando você e eu estamos em plena comunhão e intimidade, asseguro que você jamais será prisioneiro do desejo de vingança. Caso alguém seja injusto com você, você não desejará injustiça a ele. Caso alguém tenha atitudes de ultraje e provocação, você não agirá com o desejo de desforra e retaliação. Na minha presença, sempre o conduzirei a não agir motivado pelo ódio, mesmo que tenha sido privado, arbitrariamente, de seus direitos e bens.

Fui eu quem moveu Abraão a prontamente ajudar Ló, José a generosamente acolher seus irmãos, Davi a poupar seu perseguidor Saul, Eliseu a dar pão e água aos sírios invasores,  Estêvão a interceder por aqueles que o apedrejaram, assim como eu mesmo o fiz. O mesmo Espírito que estava sobre essas pessoas é o Espírito que está habitando seu coração agora.

Na mesma linha, se alguém, por força de lei, o obrigar a andar uma milha, digo para você caminhar duas. Lembra-se de Simão de Cirene que foi obrigado a carregar minha cruz? Quanta honra teve nisso! Em vez de encher-se de amargura, faça além, faça com um sorriso, faça sem esperar nada em troca. A cultura do meu reino é da segunda milha.

A mentalidade das pessoas sem mim é de fazer somente o que as motiva para ganhar algo em troca, obtendo lucro naquilo. Assim agiam os publicanos. A motivação das pessoas sem mim é fazer somente para seu grupinho, para seus parecidos, para aqueles que são da turma. Assim agiam os gentios. Mas você é diferente. Porque eu o amei, você foi liberto para amar. Eu sou o seu combustível de amor.

Digo mais. Faça o que tem que ser feito, e não o que simplesmente pediram para você fazer. Vá além dos seus limites, supere sua intolerância, expanda suas fronteiras. Olhe para mim e veja o exemplo. Saí da minha posição de conforto e fui além, muito além. Limitei-me, humilhei-me, entreguei-me, dediquei-me. Servi, doei, socorri, cuidei. Tudo por amor. Tudo com muito amor. Aqui está o segredo: amor! Não qualquer tipo de amor, mas o meu amor. Amor rasgado, escandaloso, apaixonado. Amor sem condições, sem preconceitos, sem restrições.

Dessa maneira, você deixa de ser uma pessoa comum e passa a alcançar destinos extraordinários que são possíveis somente por meio do meu amor.

Jesus Cristo (parafraseado por Rodolfo Montosa)

 

Rev. Rodolfo Garcia Montosa