Conteúdo e Mídia

Mensagens

Chegamos ao quarto domingo do Advento, tempo de preparo e anúncio do natal. No nosso tema geral “Natal Secreto” refletimos sobre quando Jesus viria, num tempo glorioso, num tempo certo e num tempo esperado. Aprendemos que onde Jesus nasceu tem significado para nós, em Belém, local de raiz, de sustento e local improvável. Vimos ainda como Jesus nasceu: de uma virgem, com presentes, e numa manjedoura. Agora veremos por que Jesus veio ao mundo.

Era necessário que Jesus viesse ao mundo? Havia uma necessidade para toda humanidade e uma promessa que muitos aguardavam. Não seria mais um profeta apenas, não seria um rei político, não haveria uso de força ou exércitos. Ele veio com um objetivo específico.

Por que Jesus veio? Porque ele veio pregar boa-nova aos quebrantados; porque ele veio curar os quebrantados de coração; porque ele veio libertar os cativos e algemados; porque ele veio trazer alegria plena; porque ele veio fazer forte a sua igreja.

Assim como havia promessas sobre sua primeira vinda, há inúmeras outras sobre sua volta. Então, vamos refletir como será e por que podemos esperar.

Porque ele veio, ele voltará. Para entendermos melhor essa promessa, vamos olhar para as próprias palavras de Jesus a esse respeito, quando foi indagado por seus discípulos, em particular, sobre quando seria a sua vinda e quais os sinais para a consumação dos séculos. Jesus responde apontando para alguns sinais e nos orientando o que é importante saber do quando.

Porque ele veio como Salvador a primeira vez em uma pequena cidade, em uma família simples, em um lugar humilde, celebramos o natal. Mas ele voltará, e desta vez será diferente, ele virá em glória como justo juiz. Estejamos todos preparados. Maranata, ora vem, Senhor Jesus!

 

Rev. Pedro Leal Junior