Conteúdo e Mídia

Mensagens

Mensagem de 14.02.16
 

"Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó" (Êxodo 3.6a).
 

Você já parou para pensar que dentro de aproximadamente 120 anos, todas as pessoas que estão vivas hoje não existirão mais? Nenhuma sequer. De toda uma geração que hoje existe ninguém estará mais participando da história da humanidade. E se pensarmos, então, sobre as gerações que já se passaram, quantas foram?

Esta reflexão nos ajuda a entender porque Deus se apresenta como o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó. Ele é eterno, atemporal, não se limita às gerações, mas ele se move através delas, e desde a criação seu nome, seu caráter e suas obras vêm sendo transmitidas de geração em geração (Salmos 78.1-8; Salmos 145.1-7). Daphne Kirk, no livro “Reconectando Gerações”, ensina que o mover de Deus através das gerações nos é revelado quando compreendemos que:

Seu Trono é de geração em geração. Tu, Senhor, reinas eternamente, o teu trono subsiste de geração em geração (Lamentações 5.19). Ele está no controle sempre. Nada foge ao seu amoroso cuidado, o trono não está vazio. O seu poder se move entre nós.

Sua salvação é de geração em geração. A minha justiça durará para sempre, e a minha salvação, para todas as gerações (Isaías 51.8b). A aliança de Deus é aplicada de geração em geração através de Cristo. O mover de Deus nos capacita a transmitir as boas-novas da salvação para as próximas gerações.

Seus planos são para todas as gerações. O conselho do Senhor dura para sempre; os desígnios do seu coração, por todas as gerações (Salmos 33.11). O mover de Deus faz com que os planos de Deus a nosso respeito, que são de paz e não de mal (Jeremias 29.11), alcancem as próximas gerações.

Sua fidelidade é de geração em geração. Porque o Senhor é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade (Salmos 100.5). Podemos descansar, pois o mover de Deus marca as nossas gerações com sua a fidelidade.

O Senhor é o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó. É o Deus de Lóide, de Eunice e de Timóteo (2 Timóteo 1.5). É o Deus do Rev. Jonas Dias Martins, do Rev. Messias Anacleto Rosa, do Rev. Mathias Quintela de Souza e do Rev. Rodolfo Garcia Montosa. É o nosso Deus e sempre será o Deus das próximas gerações.

Como é bom saber que estamos colhendo bênçãos que foram plantadas anteriormente, mas é certo, também, que as próximas gerações colherão o que estamos plantando hoje. E nós, o que estamos semeando? Que a nossa semeadura seja feita no mover de Deus, assim, saberás, pois, que o Senhor, teu Deus, é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e cumprem os seus mandamentos (Deuteronômio 7.9).

Rev. Pedro Leal Junior