Conteúdo e Mídia

Mensagens

Mensagem de 19.11.17
 

Por vezes corremos o risco de pensar que a luta entre Cristo e Satanás foi de igual para igual, como se tivessem forças parelhas, estivessem na corrida pari passu, ou com poder equivalente. A verdade é que o Senhor Jesus sempre teve a posição de vitória em patamar incomparavelmente superior.

O Senhor é antes de tudo e todos, incluindo os principados e potestades. Nele (em Cristo), foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele (Cl 1.16). Ele é o cabeça de todo principado e potestade (Cl 2.10b).

O Senhor é quem expulsou do céu a Satanás quando este teve seu coração cheio de orgulho e desejou o lugar do próprio Deus. Só pode expulsar porque é grande em poder e soberania, como está escrito: Tu (Satanás) dizias no teu coração: Eu subirei ao céu ... contudo, serás precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo do abismo (Is 14.13-15; leia Ez 28.14-18). Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo (2 Pe 2.4).

O Senhor é quem retomou todo o poder que havia sido perdido na terra. Quando Adão e Eva pecaram, perderam a posição de autoridade na terra, dando lugar ao diabo. Jesus já tinha um plano de vir pessoalmente e arrancar essas chaves das mãos do inimigo. Foi exatamente o que fez, conforme sua declaração: estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno (Ap 1.18). Quando morreu e ressuscitou, Jesus despojou os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz (Cl 2.15). Jesus destruiu aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo (Hb 2.14b). Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo (1 Jo 3.8).

O Senhor foi colocado em posição elevada acima nos céus. Como está escrito: Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome (Fp 2.9-11). Jesus está assentado nos lugares celestiais, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir não só no presente século, mas também no vindouro (Ef 1.20-21).

O Senhor é quem nos incluiu nesta posição de triunfo e vitória sobre o inimigo. Os discípulos aprenderam essa posição de autoridade, tanto que Jesus viu Satanás caindo do céu como relâmpago (Lc 10.18) por causa do exercício da autoridade dos discípulos. Devemos nos revestir de toda a armadura de Deus, para podermos ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes (Ef 6.10-13).

O Senhor é quem vence nosso inimigo para todo o sempre. Como está escrito: a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia (Jd 1.6; leia: 1 Co 15.24-25). Na visão do Apocalipse: O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos (Ap 20.10).

Tetélestai: Todos os principados e potestades - seres angelicais retratados como oponentes a Deus – foram desarmados e destronados definitivamente.

Rev. Rodolfo Garcia Montosa