Conteúdo e Mídia

Notícias

Economia certamente não é o principal assunto da vida. Acontece que, assim como a saúde, quando ela não vai bem, toma todo nosso tempo, consome nossa energia, ocupa nossa agenda. Por isso, a Bíblia apresenta rica variedade de princípios para nos ajudar a viver uma vida financeira saudável. Vamos destacar alguns para este ano novo:

Reconheça que todo o sustento e provisão vem de Deus. Não digas, pois, no teu coração: A minha força e o poder do meu braço me adquiriram estas riquezas. Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, porque é ele o que te dá força para adquirires riquezas; para confirmar a sua aliança, que, sob juramento, prometeu a teus pais, como hoje se vê (Deuteronômio 8.17-18) (Leia também: Ageu 2.8)

Viva do próprio trabalho. Aquele que furtava, não furtes mais; antes, trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir o necessitado (Efésios 4.28) (Leia também: Salmos 128.2; 1 Tessalonicenses 4.10-12; 2 Tessalonicenses 3.7-8,10,12)

Seja diligente no cuidado de seus bens e patrimônio Procura conhecer o estado das tuas ovelhas e cuida dos teus rebanhos, porque as riquezas não duram para sempre, nem a coroa, de geração em geração. Quando, removido o feno, aparecerem os renovos e se recolherem as ervas dos montes, então, os cordeiros te darão as vestes, os bodes, o preço do campo, e as cabras, leite em abundância para teu alimento, para alimento da tua casa e para sustento das tuas servas (Provérbios 27.23-27).

Contente-se com o que tem. De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele. Tendo sustento e com o que vestir, estejamos contentes (1 Timóteo 6.6-8).

Não tenha apego ao dinheiro. Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores (1 Timóteo 6.9-10) (Leia também: Mateus 6.24; 1 Timóteo 6.17-19; Hebreus 13.5).

Planeje os gastos – aliás, planejar vem antes de gastar! Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? (Lucas 14.28).

Não fique devendo nada a ninguém. Pagai a todos o que lhes é devido: a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra. A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor... (Romanos 13.7-8) (Leia também: Provérbios 22.7b).

Invista no que é necessário. Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão, e o vosso suor, naquilo que não satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que é bom e vos deleitareis com finos manjares (Isaías 55.2).

Honre a Deus com seus bens. Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda, e se encherão fartamente os teus celeiros e transbordarão de vinho os teus lagares (Provérbios 3.9-10) (Leia também: Mateus 23.23; Malaquias 3.10).

Pague os impostos e tributos devidamente Por esse motivo, também pagais tributos, porque são ministros de Deus, atendendo, constantemente, a este serviço. Pagai a todos o que lhe é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra (Romanos 13.6-7) (Leia também: Mateus 17.24-27).

Seja fiel com compromissos assumidos. Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado fiel (1 Coríntios  4.1-2) (Leia também: Lucas 16.10 e 12).

Cuide de sua família Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente (1 Timóteo 5.8) (Leia também: 2 Coríntios 12.14).

Como diz um velho provérbio: saber e não fazer é não saber. Só pode dizer que sabe quem pratica os princípios da Palavra (João 13.17). Vamos repensar e praticar nossa vida financeira à luz dos princípios da Palavra para um ano novo leve, vitorioso e feliz.