Conteúdo e Mídia

Notícias

Missionários visitam Moçambique e preparam-se para retornar ao campo no próximo ano.

Em julho e início de agosto estivemos em Moçambique e, pela graça de Deus, foi tempo de desfrutarmos de grandes reencontros com a família e amigos.

Desde o dia em que recebemos essa grande bênção, a notícia de que iríamos para Moçambique, nos ocorreu na alma a alegria descrita pelo salmista no Salmo 126. Literalmente ficamos como quem sonha. Então, a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua, de júbilo. E, de fato, todos aqueles que ouvirem ou lerem este nosso testemunho, concordarão conosco e dirão: Grandes coisas o Senhor tem feito por eles. Com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso, estamos alegres.

Esses 40 dias em Moçambique passaram voando, como que num piscar de olhos. Somos gratos a Deus porque foram dias revigorantes para nós em todos os sentidos, social, espiritual e, sobretudo, para o nosso ministério. E dessa maneira preparamos o nosso coração para o retorno definitivo no fim de 2016.

Essa viagem foi resposta de oração que fizemos juntos, como família, na noite da virada de 2014 para 2015, e Deus, na sua infinita graça e misericórdia, nos concedeu o que desejava nosso coração através da 1ª IPI de Londrina. Louvado seja o Senhor!

Trazemos saudações da Casa das Formigas e da nossa Igreja em Moçambique e de toda a nossa família.

Tanto na Casa das Formigas, como nas igrejas que visitamos, bem como em meio aos nossos familiares, fomos recebidos com alegria e todos, de bom grado, acolheram as saudações transmitidas pela 1ª IPI de Londrina, e retribuíram igualmente as saudações, demonstrando gratidão a Deus por tudo que ele tem feito por meio de vocês.

Simione e Graciete Mate

Confira as fotos aqui.


Sobre Moçambique

Depois de mais de quatro séculos de domínio português, Moçambique tornou-se independente em 1975. Dois anos depois, o país entrou em uma guerra civil intensa e prolongada que durou de 1977 a 1992. Em 1994, o país realizou as suas primeiras eleições multipartidárias, porém, o partido político do atual governo já está no poder desde a independência.

A economia do país é baseada principalmente na agricultura, mas o setor industrial e o turismo estão crescendo. A taxa média de crescimento econômico anual do PIB moçambicano tem sido uma das mais altas do mundo. No entanto, as taxas de PIB per capita, IDH, desigualdade de renda e expectativa de vida de Moçambique ainda estão entre as piores do planeta. A ONU o considera um dos países menos desenvolvidos do mundo.

A religião mais popular em Moçambique é o cristianismo, mas há uma presença significativa de seguidores do islamismo. Existem relatos de muitos cristãos e missionários do país que afirmam que há um plano para tornar a África em um continente islâmico em quatro ou cinco décadas. Em Moçambique é possível perceber este plano através do investimento dos muçulmanos em educação, saúde, geração de empregos, enfim, no desenvolvimento dos moçambicanos. Isto tem atraído muitos à conversão ao islamismo. Fonte: www.wikipedia.org.br e www.brasilescola.com

Vamos orar:

- Para que os cristãos estejam empenhados em pregar o evangelho e perseverar na fé.
- Para que o Senhor dê sabedoria aos cristãos envolvidos nas esferas de poder político e empresarial, para que tenham discernimento em favor do povo.