Conteúdo e Mídia

Notícias

O coração do homem planeja o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos (Provérbios 16.9).

Nos estabelecemos em Londrina no início de 2017, onde ainda estamos. Aqui contamos com o cuidado e apoio por parte da nossa igreja, nossos pastores e de nossa família que aqui vive. Em 2017 nosso foco maior foi no cuidado da saúde e na readaptação em nosso país, o que parece simples, mas que na prática acabou causando alguns transtornos em relação à moeda, hábitos e nova rotina, especialmente o Jean que retomou os estudos em português.

Alguns problemas de saúde identificados, tanto Diniz, como Jean e eu ainda seguimos em tratamento com medicações. Neste ano de 2018, Diniz e Jean ainda seguem com investigações com relação à saúde. Jean deve concluir o oitavo ano e faltará apenas mais um para concluir o ensino fundamental dois.

Estamos mais engajados, e como família, mais atuantes com a oportunidade de servir em uma congregação da nossa igreja que está situada em uma comunidade bastante carente em nossa cidade, onde o tráfico, a prostituição e o aliciamento de menores na fase da adolescência são grandes.

Diniz tem participado na liturgia dos cultos, podendo ajudar o nosso pastor; tem ajudado também em uma célula semanal bem diferenciada que acontece em um espaço recreativo da nossa igreja mãe, com jovens da comunidade, onde muitos não fazem parte do corpo de Cristo, ainda.

Somos parte de um grupo de três casais trabalhando com adolescentes. Como família, participamos de um grupo de célula. E Jean, além de fazer parte da classe de adolescentes, também participa da escala de auxiliar na Área de Apoio Infantil, aos domingos.

Desde o ano passado após participarmos do curso de treinamento de Capelania em nossa igreja, Diniz tem ajudado todas as manhãs nesse trabalho no Hospital Evangélico. Como ele diz: “Conheci um novo e grande campo missionário onde jamais pensei em atuar”.

Caminhando para o final de mais um ano, já estamos certos de que também ficaremos por aqui em 2019. Assim, Diniz, Jean e eu poderemos dar continuidade aos tratamentos de saúde; Jean concluir essa etapa dos estudos, e, juntos, servir a nossa igreja em Londrina.

Agradecemos todo o cuidado que temos recebido dos nossos pastores, familiares e amigos, bem como pelo sustento que temos recebido da nossa igreja local e de alguns irmãos, sem os quais esse tempo teria sido mais difícil. Também agradecemos a todos que têm orado por nós.


Com gratidão e carinho
Alzira Gonçalves