Conteúdo e Mídia

Notícias

Um instrumento na transformação da vida de mulheres esquecidas em nossa sociedade.

O ano está terminando e o sentimento é de gratidão por tantas bênçãos e realizações ao longo de 2019. O Projeto Hafura Londrina é uma delas. No dia 12 de dezembro, oito mulheres que formaram a primeira turma receberam seus certificados de conclusão do curso de costura e bordado.

A cerimônia de formatura contou com a presença do Pr. Pedro Leal Junior, coordenador do Distrito Missão Integral da Igreja, que deu uma palavra com base no texto bíblico da mulher samaritana para quem Jesus pediu água (João 4.1-42). Ele fez uma analogia dizendo que por meio do Projeto Hafura, Jesus está tendo um encontro com cada participante, oferecendo a água da vida.

Uma das idealizadoras do Projeto, Giovanna Fogaça, também trouxe uma palavra para as formandas. O curso foi ministrado por uma professora do curso de moda da UNOPAR.

Fotos: Ricardo Pessoa. Confira as fotos aqui.

 

Abaixo, uma matéria sobre o Projeto Hafura, publicada na última edição do Boletim Missão Integral em 08.12.19:

O Hafura Project foi criado após uma viagem missionária de Giovana Montosa para o Quênia, em 2018, em parceria com a MIAF e com o ministério de Solange e Edilson Silva, missionários há 9 anos na região. O nome Hafura significa “respirar” na língua Gabbra. É um projeto que nasceu com o objetivo de ser um sopro de vida que impacta, impulsiona e transforma, por meio da arte e do trabalho criado por suas mãos, a vida de mulheres, muitas vezes esquecidas e marginalizadas. Além das aulas de costura, bordado e pintura, e serem ministradas para seu autodesenvolvimento e espiritualidade, também são instruídas para gerir seu próprio negócio. O primeiro ateliê do Hafura Project foi construído na Vila Ali Boru, na região de Hurri Hills, no Quênia em abril de 2019.

Após a construção do Ateliê no Quênia, implantamos em setembro deste ano, o Hafura Londrina, no Brasil. Em parceria com a Unopar - no ensino de corte e costura, e do Instituto Esperança - que abriga nosso ateliê e auxilia na seleção, suporte e acompanhamento das alunas.

A primeira turma de dez alunas acontece até dezembro. E as turmas para o ano que vem já estão sendo estruturadas.

Você pode ser um dos nossos mantenedores mensais que contribuirá para manutenção do ateliê, da compra dos materiais e da estrutura fixa do projeto. Outra maneira, é gerando demandas de produções de bordados manuais e de costura para as mulheres. Também pode nos ajudar com a divulgação do projeto, e, o mais importante, com suas orações.

Para mais informações e contribuir conosco com doações ou voluntariado, entre em contato pelo e-mail contact@hafuraproject.org, site www.hafuraproject.org ou em nossas Redes Socias (Facebook e Instagram) pelo @hafuraproject

Miriam Fava – Gestora Social Hafura Londrina


Depoimentos de alunas do curso:

Estou muito feliz com esse projeto. Trabalhar com pessoas boas, que nos ajudam, professoras dedicadas e amorosas. Quero agradecer nossas voluntárias que trazem o estudo para nós, agradecer pelo lanche, pelo passe, por tudo. Parabéns a todos. Esse projeto é muito lindo, obrigada também por me chamar para participar, fiquei muito feliz. (E. M.)

Fui convidada para participar do Projeto Hafura, e no momento achei que eu não iria me adaptar com as costuras e os bordados, mas hoje me sinto super bem com cada mulher que ali está. O projeto foi uma bênção em minha vida, estou amando cada dia mais. Não vejo a hora de chegar o dia de curso para aprender mais e mais. Fico muito feliz porque não sou só eu que estou me sentindo assim, todas as minhas amigas de curso estão realizando um sonho também.  Quando eu comecei no Hafura, estava sem perspectiva na vida, sem pensamento positivo, eu estava até entrando em depressão. Hoje com muitas palestras que nós recebemos, minha autoestima está lá em cima. Recebo muito incentivo das meninas, só tenho que agradecer a Deus e depois a esses anjos. (R. E.)

O Hafura tem sido para mim um grande incentivo, consigo enxergar as coisas com outro olhar, tem trazido encorajamento a cada dia, tem sido um aprendizado. Teve dias que chorei, outros que sorri, teve dias que quis desanimar e desistir de tudo, mas tive apoio de pessoas maravilhosas que sempre me incentivaram a continuar. Hafura é um lugar de cura, onde eu tenho visto novos horizontes e vivido  coisas novas. Agradeço a Deus por fazer parte desse projeto maravilhoso. (R. E.)