Conteúdo e Mídia

Notícias

Movimento alerta sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

O Movimento Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos onde algumas ações isoladas eram realizadas para incentivar a realização da mamografia. Posteriormente, o Congresso Americano aprovou uma lei instituindo outubro como o mês nacional de prevenção do câncer de mama. Mas foi a “Fundação Susan G. Komen for the Cure” que lançou o laço rosa, o qual foi usado pelos participantes da primeira “Corrida pela Cura”, realizada em Nova York, em 1990.

Depois dessas iniciativas com grande repercussão nos Estados Unidos, o Outubro Rosa seguiu sensibilizando pessoas, autoridades, empresas e órgãos públicos em todo mundo, sempre enfatizando a importância do diagnóstico precoce. Além da distribuição de laços rosa, a iniciativa de iluminar prédios públicos e monumentos históricos também foi uma estratégia que ampliou a divulgação desta importante campanha de conscientização das mulheres.

No Brasil, a primeira manifestação pública do Outubro Rosa ocorreu em 2002, quando um grupo de voluntárias conseguiu convencer as autoridades de São Paulo a iluminar o Obelisco do Ibirapuera.

Em Londrina, o “Movimento Outubro Rosa” teve início em 2009, iniciativa das “Amigas do Peito”, um pequeno grupo de mulheres com câncer de mama que teve o apoio de voluntárias e profissionais do Departamento de Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina. Além da entrega de laços cor de rosa, elas também usaram os veículos de comunicação como Emissoras de TV, Rádio e Jornais para promoverem a conscientização das mulheres.

Em 2011, o “Movimento Outubro Rosa” ganhou mais força ao se associar aos “Nós do Poder Rosa”, uma ONG que engloba 26 entidades de mulheres. Neste mesmo ano, outras parcerias com a Câmara Municipal dos Vereadores, as universidades, médicos mastologistas, Igrejas, entidades de classe, planos de saúde, empresas, jornais de circulação regional, TVs, laboratórios realizaram em parceria palestras nas indústrias do vestuário e da construção civil de Londrina e região.

É nesta somatória de esforços que o Outubro Rosa tem ampliado as suas atividades em Londrina e região. A todos, os nossos agradecimentos.

Fonte: outubrorosa.hcl.org.br

Orientações sobre o câncer de mama. Acesse aqui.