Conteúdo e Mídia

Resenha

Devocionário

Do hebraico bíblico do Antigo Testamento tem-se a expressão ‘esher’ traduzida para o português como bem-aventurança, felicidade, alegria. Refere-se a uma pessoa profundamente abençoada, graciosamente beneficiada, misericordiosamente favorecida, na integralidade da vida, tanto no aspecto material, quanto espiritual; tanto na dimensão pessoal, quanto familiar e comunitária.

No Novo Testamento, a expressão no grego é ‘makarios’, e traz o mesmo sentido de alguém sobejamente ditoso, bem-fadado, bendito, bem-sucedido, próspero.

Em Latim, a palavra ‘felix’ queria dizer, originalmente, fértil, frutuoso, fecundo. Mais tarde, por extensão metafórica de sentido, passou a referir-se ao que é propício, favorável. Felix tornou-se sinônimo de afortunado, alegre, satisfeito, realizado, de onde nasce a expressão felicitas, em português felicidade.

Seja qual for a língua, em todo o tempo na história, em qualquer lugar no globo, a humanidade sempre expressou seu anseio para ser bem-aventurada de maneira verdadeira e permanente.

Nos próximos trinta e um dias, vamos meditar, jejuar e orar nessa busca maravilhosa. Somente nosso Pai celestial, através da mediação de Jesus Cristo, pela ação do Espírito Santo pode nos conduzir pelo Caminho da Felicidade.