Por que Deus se interessa na adoração individual?

Compartilhe:

Mas vem a hora — e já chegou — em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. Porque são esses que o Pai procura para seus adoradores

(João 4.23 – NAA).

Em 2013, passei por um momento de enfermidade. Meu apêndice supurou e tive infecção generalizada, devido à demora no atendimento. Nesse momento, quando eu estava no hospital, e por não conseguir dormir por conta da dor, os momentos em adoração na presença de Jesus eram o que me sustentava. Ali, em pensamento, sem que as palavras conseguissem sair da minha boca, adorava no íntimo do meu coração, do meu ser. E, assim, eu era fortalecida na presença do Pai, para vencer mais um dia. Deus fez um milagre em minha vida, me restaurando por completo.

Nascemos para adorar a Jesus em todos os momentos da nossa vida, nos momentos bons, mas também em momentos difíceis e desafiadores. Fomos criados para glorificar a Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. O maior propósito de nossa vida é adorá-lo de toda a nossa alma, com o nosso entendimento e com todo o nosso ser.

A adoração não se limita ao coletivo, quando vamos ao culto aos domingos ou à célula e, junto com os irmãos, adoramos a Jesus. A adoração nasce principalmente no lugar secreto, naquele esconderijo constante e seguro, de onde flui a comu­nhão, o louvor, a adoração e muita oração.

Deus se interessa na nossa adoração individual porque des­sa forma temos, de fato, relacionamento com ele, reservando tempo a sós no secreto, no nosso quarto de escuta. Ali silen­ciamos todos os ruídos externos e internos da nossa alma, e direcionamos todo o nosso ser para adorá-lo.

Nesse ambiente propício de adoração, a sós com Deus, em um lugar privativo, rendemos todo o nosso ser ao seu senho­rio, à sua vontade, nos prostramos em adoração ao único Deus, digno de ser adorado. Nós o adoramos por meio de cânticos de adoração e cânticos espirituais. A adoração indi­vidual vai fluindo, somos conduzidos pela doce presença do Espírito Santo. Vamos expressando palavras de adoração a Jesus, declarando seus atributos, quem ele é, o quanto nós o amamos e somos dependentes dele. Esses momentos vão fluindo, tornando-se cada vez mais leves e profundos.

A adoração individual precisa ser contínua na nossa vida, pois, quanto mais a praticamos, mais ela se torna natural. E iremos nos encher da presença de Deus, para viver o estilo de vida do reino: ser um adorador. A adoração nos aproxima do coração de Deus, nos transforma, nos renova e somos abastecidos.

Adoremos ao Pai em espírito e em verdade, de todo o nosso coração. A nossa alma tem sede de estar na presença de Jesus, porém a nossa carne sempre vai fazer de tudo para impedir essa rendição.

Adoração verdadeira é fruto de comunhão e intimidade. Ado­ramos porque amamos a Jesus, porque somos gratos, por obe­diência, porque confiamos e porque ele é digno. Então, invis­ta tempo no seu quarto de escuta, no secreto, adorando ao Pai. Creio que você experimentará momentos inesquecíveis nesse ambiente de adoração, e a atmosfera será inexplicável.

A palavra de Deus expressa no versículo em foco que o Pai procura adoradores. Que possamos dizer sim para essa disci­plina espiritual, que ela se torne uma prática diária em nossa vida e que sejamos encontrados como verdadeiros adorado­res. A adoração nos leva à intimidade, nos conduz ao que­brantamento, nos faz mais sensíveis para ouvir a voz do Pai.

Que possamos adorar em obediência e por amor. Adorar sem reservas, adorar na intimidade, adorar com todo o nosso ser, adorar o tempo todo. Adoração não faz parte da vida cristã, ela é a própria vida cristã. Adoramos guiados, inspirados e direcio­nados pelo Espírito Santo.

Tenha iniciativa e invista tempo na presença de Jesus. Podemos adorá-lo inspirados em sua Palavra. São inúmeros versículos que falam sobre quem é Jesus, portanto quero encorajá-lo a encontrar pelo menos três versículos que ex­pressam atributos de Jesus. Inicie esse momento declarando quem ele é. Você pode colocar nesse ambiente cânticos de adoração, uma ferramenta que o ajudará a adorá-lo. Se você recebeu o dom de línguas, adore-o também dessa forma.

Patrícia Rodrigues Ferreira

Continue lendo

Mais Posts

#tamojunto na oração

Então, apregoei ali um jejum junto ao rio Aava, para nos humilharmos perante o nosso Deus, para lhe pedirmos jornada feliz para nós, para nossos

Leia Mais »
Notícias
Comunicação IPILON

Dia nacional do surdo

Nesta segunda-feira, 26 de setembro, comemoramos o Dia nacional do surdo. Segundo dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, são 388 mil

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis