Conteúdo e Mídia

Mensagens

Em setembro estamos reunidos, como igreja, em Campanha de Jejum e Oração, com o tema “Fé: grande nuvem de testemunhas”. Esse é o título do livro que serve de roteiro para a campanha, com devocionais que, com certeza, serão inspiração para a nossa vida de oração. As pregações desse mês serão baseadas nos textos do livro.

Abel, o justo (Hebreus 11.4). A fé de Abel, do hebraico Havel, significa sopro, fôlego, vapor ou perecível. Tal qual seu nome, rápida e curta foi sua história, mas permanece viva e atual. Seu testemunho nos fala das promessas de Deus que reservam coisas extraordinárias àqueles que esperam, embora naquele momento ainda não pudessem ser compreendidas.   (continua – Pág. 9*)

Enoque, o homem que não morreu (Hebreus 11.5). A Bíblia não registra obras nem grandes feitos de Enoque. Então, o que será que o levou a ter o seu nome na galeria dos heróis da fé? Enoque viveu em um tempo de corrupção moral e perversidade, porém viveu na contramão do seu tempo; ele teve uma vida conforme o agrado de Deus. Enoque se relacionava e andava com Deus, tinha intimidade com o Pai, intimidade esta que o levou a ser arrebatado. Deus o levou para si! (Gn 5.21-24). (continua – Pág. 11*)

Raabe, fé de atos e palavras (Josué 2.21). Josué enviou dois espias a Jericó para observar a terra que seria conquistada. Hospedaram-se na casa da prostituta Raabe, que logo discerniu a oportunidade de salvação e expressou fé (Hb 11.31; Tg 2.25) por meio de atos concretos, escondendo os espias dos guardas que os perseguiam (Js 2.6); e de palavras: Bem sei que o Senhor vos deu esta terra (Josué 2.9-10). Clamou aos espias por salvação. Foi-lhe dado o sinal para que colocasse o cordão de fio de escarlata na janela (Êx 12.22-23). Aquele fio vermelho tornou-se a esperança de sua salvação. Confiou nisso. Descansou nisso. (continua – Pág. 27*)

Os dois cegos (Mateus 9.29). Que afirmação Jesus fez àqueles dois cegos: conforme a fé que vocês têm. Imagino o coração deles cheio de expectativa com misto de convicção e entrega. Com a respiração intensa e os outros sentidos aguçados, puderam sentir sua aproximação, perceberam intensamente seu toque, e ouviram profundamente suas palavras. A fé desses homens os moveu para seguirem Jesus (continua – Pág. 47*)

Há uma grande nuvem de testemunhas de gente de fé no Senhor. Gente que nos ensina, nos inspira, nos motiva, nos levanta. Vamos aprender com esses personagens bíblicos a vivermos uma vida cheia de fé.


Alessandra Moreno, Alessandra Palhares, Rodolfo Montosa e Maria Helena Faleiros

* Os textos são retirados do livro , sendo transcrito, aqui, somente parte do capítulo.

 

Igreja IPI