Conteúdo e Mídia

Mensagens

Mensagem de 17.11.19

De novo, Jesus lhes falou, dizendo: — Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida (João 8.12 – NAA).


Não quero que você viva mais momentos de blecaute, situações de escuridão, tenha posicionamentos ignorantes, seja conduzido pela ambiguidade, sofra do mal da hesitação, ande em círculos, confuso nos labirintos que se mete. As trevas não produzem nada além de medo, angústia, tristeza, pavor. Não quero vê-lo vacilante, confuso, volúvel, instável, vivendo em uma região cinzenta e dúbia. Definitivamente, tudo o que fiz por você é suficiente para libertá-lo e trazê-lo a uma nova e definitiva posição na vida.

Minhas palavras para abençoá-lo hoje são as mesmas ditas desde a gênese da criação: Haja luz! Eu sou a luz, a luz da vida, a luz deste mundo, a luz que aquece, a luz que guia! Eu sou a luz que o liberta do império das trevas, que cura da cegueira e perscruta o mais íntimo do seu ser!

Por essa razão, e com a autoridade que me foi dada nos céus e na terra, eu declaro sobre você, neste momento: Haja luz sobre seus desejos mais profundos! Haja luz sobre suas emoções! Haja luz sobre seus pensamentos! Haja luz em todas as suas palavras! Haja luz em suas opiniões! Haja luz em suas decisões! Haja luz em seus relacionamentos! Haja luz em seu caminhar! Haja luz e jamais trevas ou escuridão! Haja luz para que não tropece! Haja luz para discernir os inimigos! Haja luz para identificar os amigos! Haja luz para haver cor na vida! Haja luz para que a alegria seja plena! Haja luz para que haja movimento! Haja luz!

Você não foi feito para viver em trevas. A escuridão foi um acidente provocado pela humanidade que corrigi na cruz. Como sinal visível do que se passava no mundo espiritual, naquele dia, quando morri por você, do meio-dia até as três horas da tarde, houve total escuridão sobre toda a terra. Toda a criação manifestou sua dor junto com o Criador. Aquelas três horas de escuridão faziam lembrar dos três dias de escuridão na época da escravidão do povo no Egito. Durante o período da escuridão, tornei-me pecado em seu lugar. Ao tornar-me pecado, tornei-me maldição em seu lugar. Ao tornar-me maldição, tornei-me abandonado pelo Pai. Ao tornar-me abandonado, tornei-me presa de meus algozes, entregue aos inimigos e aos grilhões da morte. Ao tornar-me presa, tornei-me homem de dores, sendo traspassado pelas suas transgressões e moído pelas suas iniquidades. Conheci em profundidade e com todo o meu ser os efeitos das trevas. Contudo entrei no mundo da escuridão para dissipá-la para todo sempre. Por isso, ao terceiro dia, ressuscitei das trevas para trazer à luz a vitória completa e definitiva sobre o poder da escuridão. A luz prevalece sobre as trevas para todo o sempre!

Eu sou a luz dentro de você, ao seu redor e que brilha por intermédio de você! Sou o sol da justiça, farol do saber, lâmpada para seus pés, luz para seu caminho. Minha luz sobre a sua vida traz entendimento, compreensão, clareza. Minha luz em você produz insight, inspiração, lampejo. Você passa a enxergar o que nunca tinha visto antes. Minha luz traz perspicácia, raciocínio, sagacidade. Ela abre horizontes, traz novas perspectivas e abre sua percepção sobre os fatos e acontecimentos, contextos e circunstâncias.

Você está destinado a viver em mim! Você está destinado a viver na luz!

Jesus Cristo (parafraseado por Rodolfo Montosa)

 

Rev. Rodolfo Garcia Montosa