Pesquisar
Close this search box.

Movimento para frente: prosseguindo para o alvo

Compartilhe:

Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficam para trás e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus (Filipenses 3.13-14 – NAA).

Movimento significa ação, dinâmica, atividade. Movimento implica em ser intencional, aplicar energia, ter agilidade, estar em circulação. Para tanto, é necessário ânimo, vontade, desprendimento, disposição, disponibilidade. Fomos chamados para ser Igreja em Movimento. Nesse trecho das Escrituras somos desafiados a termos movimento para frente.

A igreja que está em movimento para frente desenvolve a perspectiva equilibrada na relação com o passado, presente e futuro.

Na relação com o passado, lemos: esquecendo-me das coisas que ficam para trás. Aqui, aprendemos a importância de liberar o peso das experiências passadas que podem nos prender e limitar nosso avanço. Esquecer não significa ignorar, mas sim aprender com o passado e permitir que ele nos fortaleça para os desafios que enfrentamos hoje. As falhas do passado devem nos ensinar e não nos botar medo. Os sucessos do passado devem nos trazer gratidão e não apego ao que teve seu tempo. Temos que guardar uma boa relação com o passado, mas sem nos deixar aprisionar por ele. Ter saudade de coisas boas que nos aconteceram é positivo até um determinado limite. A saudade que vira saudosismo é danosa. O apego ao passado pode nos impedir de avançar espiritualmente. 


Na relação com o presente, lemos: avançando para as que estão diante de mim. Aqui, aprendemos a natureza contínua da jornada espiritual. Preciso estar presente e consciente para avançar em todas as áreas da vida que estão diante de mim. Assim como em qualquer jornada física, o progresso na fé envolve movimento constante, superação de desafios e aprendizado ao longo do caminho. Não podemos nos acomodar, mas devemos avançar sempre. Avançar na intimidade com Deus, avançar na sabedoria da Palavra, avançar na comunhão com a família da fé, avançar no desenvolvimento intelectual, avançar no cuidado físico e emocional. Cada passo dado no presente deve refletir nosso compromisso de crescer espiritualmente sempre.

Na relação com o futuro, lemos: prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Aqui, vislumbramos um futuro de esperança e propósito em Cristo. É um chamado para perseguir a santidade e a conformação com Cristo, reconhecendo que nossa verdadeira recompensa está na comunhão eterna com ele. Isso mesmo: o alvo é ter Cristo, estar com Cristo para ser como Cristo. Esse alvo nos inspira a viver com paixão e diligência, mantendo nossa fé firme mesmo diante das adversidades. Nossa busca deve ser pela vida de Cristo em nós. Esse é o prêmio supremo da nossa vocação em Cristo Jesus.

À medida que nos movemos para frente na fé, que cada um de nós possa abraçar o desafio de esquecer o que passou, abraçar plenamente o presente e avançar com fé no futuro que Deus preparou para nós.

Pr. Rodolfo Montosa

Continue lendo

Mais Posts

Notícias
Comunicação IPILON

Indo para a Albânia

No domingo, 7 de julho, tivemos um momento especial no culto das 10h, com o envio de irmãos que permanecerão dez dias na Albânia, em

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis