Foi dada a largada: 21 dias de jejum e oração

Compartilhe:


Nesta segunda-feira, no Espaço Esperança, tivemos o culto de abertura da nossa campanha “Até que Ele venha”. Serão 21 dias de jejum e oração. Igreja do Senhor presente, o Espírito Santo de Deus tomou conta. Louvor, adoração, comunhão, rendição, mover dos céus. O Pr. Rodolfo deixou uma palavra: 1 Pedro 4.7.

A pequena Letícia Moreno nos ministrou com um trecho do livro que leva o nome da campanha. É lindo ver nossos pequeninos participando do reino de Deus. É nosso dever instruí-los no caminho em que devem andar, até que Ele venha (Provérbios 22.6). Deus se agrada dessas coisas.

O fim de todas as coisas está próximo; portanto, sejam criteriosos e sóbrios, para poderem orar (1 Pedro 4.7 – NAA).

O que fazer? É tempo de orar intencionalmente, sem vãs repetições ou ladainhas. É tempo de rasgar o coração diante do Pai. Joelhos no chão, coração contrito, alma rendida.

Até quando fazer? Até o fim de todas as coisas. Até que Jesus venha. Um dia sem orar, sem ouvir a voz do Senhor, é um dia que não valeu a pena ser vivido. Viver distraído, desconectado, alheio a Deus, não vale a pena. É preciso mergulhar!

Como fazer? Alertas, sensatos, discipulados, vigilantes, prudentes. Somos totalmente dependentes de Deus. Ele é a fonte de todas as coisas. Devemos orar conscientes, com propósito, a sério, porque o Senhor leva a sério nossa vida de oração. Todos podemos declarar, até que ele venha: Pai, estou diante do momento de maior transformação da minha vida, porque irei orar como nunca orei.

Tivemos quatro lindos movimentos de oração. A igreja de joelhos diante do Pai.

Louvor e gratidão. Louvor é aquilo que percebemos e atribuímos como obra de Deus. Gratidão é fruto do louvor. Ampliar a percepção do Senhor aumenta a gratidão. Deus estabeleceu sua igreja e nos enxerga nela. Ele vê você, querido irmão, querida irmã. Agradeço a Deus pela sua vida, pela nossa família na fé.

Confissão e consagração. A igreja toda se colocou de joelhos. Foi um momento realmente especial. Presente de Deus. É preciso confessar nossos pecados, para que, assim, possamos consagrar todas as áreas da nossa vida ao Senhor.

Petição e intercessão. Em grupos de duas ou três pessoas, colocamos nossas petições diante do Pai. Intercedemos pela família, pela igreja e pelo nosso país.

Adoração e santificação. Somente Deus Pai, Filho e Espírito é merecedor de adoração, porque somente ele é santo. Até que Jesus venha, devemos adorar e orar por santificação.

Precisamos nos manter firmes em oração diante do Pai, em comunhão com o Espírito Santo e focados na Palavra. Até que Ele venha!

Texto: Paulo Povedano Foto: Roberval Moreno

Continue lendo

Mais Posts

Agenda
Comunicação IPILON

Para mulheres

No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, vamos realizar um encontro, às 20h, no Espaço Esperança. Com base no tema essência, vamos abordar

Leia Mais »
Blog
Comunicação IPILON

Discípulos aprendem a falar

Quando levarem vocês às sinagogas ou à presença de governadores e autoridades, não se preocupem quanto à maneira como irão responder, nem quanto às coisas

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis