Pesquisar
Close this search box.

Mensageiros do conforto

Compartilhe:

Então lhe apareceu um anjo do céu que o confortava (Lucas 22.43 – NAA).

“Toda vida tem seu Getsêmani e todo Getsêmani tem seu anjo” (George Morrison). A vida e o ministério de Jesus, desde o seu nascimento, sempre apontaram para a cruz. Os discípulos foram avisados diversas vezes que o Mestre haveria de padecer sofrendo uma terrível morte. E o seu sofrimento final teve início no Jardim do Getsêmani. No trecho de Lucas 22.39-46 aprendemos preciosas lições e a maneira como Deus enviou seu mensageiro para trazer uma linda mensagem de conforto ao coração do Filho amado.

A primeira lição que aprendemos com Jesus no Getsêmani, é que quando precisamos de conforto, somos convidados a buscarmos ao Senhor de joelhos no chão. Então, acompanhado de seus discípulos, Jesus foi, como de costume, ao monte das Oliveiras. Afastou-se a uma distância como de um arremesso de pedra, ajoelhou-se e orou (Lucas 22.39, 41 – NVT). Muitos são os momentos de dúvida, sofrimento e dor. Buscamos orientação e ajuda em inúmeros lugares, queremos alívio rápido, mas Jesus nos ensina que, nos momentos apreensivos, a oração de joelhos no chão pode trazer o conforto desejado.

Quando precisamos de conforto, somos convidados a nos mantermos em obediência ao Pai.Mesmo tendo poder, sendo Deus, não usurpou dessa premissa para encurtar o caminho para a salvação. Em meio às incertezas e temores, sendo homem, rogou: “Pai, se queres, afasta de mim este cálice. Contudo, que seja feita a tua vontade, e não a minha” (Lucas 22.42 – NVT). A obediência é caminho certo e seguro para recebermos do Senhor todo nutriente necessário para o conforto, ainda que em momentos difíceis, solitários e sem saída.

Quando precisamos de conforto, somos convidados a ouvirmos o mensageiro do céu. No momento oportuno, em obediência e com os joelhos no chão, o Mestre é visitado por um mensageiro vindo direto do trono do Pai. Então lhe apareceu um anjo do céu que o confortava. E, estando em agonia, orava mais intensamente (Lucas 22.43-44a – NAA). O conforto do céu trazido pelo mensageiro, não erradicou a dor de Jesus, mas o fortaleceu. Foi divinamente consolado para caminhar encorajado ao seu doloroso, derradeiro e triunfante sacrifício vicário.

Confortados, somos convidados a levarmos mensagens de conforto. Jesus se levantou e disse: Levantem-se e orem para que não cedam à tentação (Lucas 22.46 – NVT). Se na vida temos de passar por “Getsêmanis”, por certo, teremos ali mensageiros de Deus, que nos trarão o vigor necessário para vencermos as batalhas e nos tornarmos mensageiros do excelso consolo. Assim, em meio à sonolência, tristeza e incredulidade, que possamos ouvir os mensageiros de Deus e que sejamos seus mensageiros para levarmos conforto e coragem aos corações aflitos, para a glória de Jesus.

Pr. Daniel Zemuner

Continue lendo

Mais Posts

Notícias
Comunicação IPILON

Indo para a Albânia

No domingo, 7 de julho, tivemos um momento especial no culto das 10h, com o envio de irmãos que permanecerão dez dias na Albânia, em

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis