Pesquisar
Close this search box.

Somos uma pequena parte

Compartilhe:

No dia 13 de maio, uma equipe da nossa igreja, formada por 42 voluntários, entre jovens, adultos, idosos, seguiu de Londrina para Lajeado, no Rio Grande do Sul. Foram 26 horas de viagem, devido a algumas intercorrências com o ônibus no percurso. Pelo caminho, os sinais da destruição foram aparecendo, e o que era algo distante se tornou palpável. Essa triste paisagem já era o anúncio do que o grupo encontraria no destino.

Nossa equipe ficou hospedada na AME – Associação Missionária Evangélica, uma igreja que serve de base para a Aliança Evangélica Brasileira e que tem recebido voluntários de várias partes do país. De lá, nossa equipe com médicas, psicólogas, assistente social e outros profissionais foi distribuída e enviada aos locais para o trabalho. Um grupo ficou na prefeitura de Cruzeiro do Sul, cidade próxima a Lajeado e que foi bastante atingida pelas enchentes. Essa turma atuou no cadastramento das famílias que perderam casa, algumas enfrentando a perda de entes queridos. Além do atendimento social, os voluntários ouviram as histórias, oferecendo acolhimento aos que estão sofrendo. Outro grupo foi direcionado para a limpeza das casas, escolas e outros locais. Os profissionais de saúde atuaram nos postos montados para o atendimento à população.

A ida dos nossos voluntários foi articulada pela pastora de jovens da nossa igreja, Camila Palhão Zemuner, junto à Aliança Evangélica Brasileira, que tem coordenado ações diversas, bem como o recebimento e distribuição dos donativos. Uma semana antes da viagem, iniciamos uma campanha para arrecadação de recursos financeiros e de doações para os desabrigados. Roupas, cobertores, água, itens de higiene pessoal, materiais de limpeza, medicamentos; em pouco tempo o hall do Espaço Esperança ficou repleto de doações. Um empresário doou 800 cestas básicas. Foram carregados dois caminhões com os donativos.

Nosso grupo foi coordenado pelos pastores Daniel Zemuner Barbosa e Pedro Leal Junior, com o apoio, na organização e logística da viagem, dos pastores Luciano Porfirio e Camila Zemuner.

A situação é muito precária, mas na adversidade e nos momentos em que nos deparamos com a limitação dos recursos humanos, vemos o agir de Deus, por meio do seu povo. Uma de nossas voluntárias compartilhou que as pessoas sentem que estão fazendo muito pouco diante de tanta necessidade, algumas dizem que gostariam de ficar mais tempo, o que, muitas vezes, não é possível devido ao trabalho, estudo e outras demandas do dia a dia, mas é importante saber que outros voluntários irão ao campo e cada um fazendo um pouco ajuda a amenizar a dor.

Como nos ensinou o apóstolo Paulo: Por isso, por Cristo, alegro‑me nas fraquezas, nos insultos, nas privações, nas perseguições, nas angústias; pois, quando sou fraco, então é que sou forte (2 Coríntios 12.10 – NVI).

Todos podemos ajudar de alguma maneira. A população ainda tem muitas necessidades.

Vamos permanecer firmes em oração!

Convidamos você para se engajar na campanha em favor das vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Para que a nossa equipe identifique a sua oferta, pedimos que seja acrescentado cinco centavos no valor da doação. Ex.: R$ 40,05. Acesse aqui.

Confira mais informações da missão no RS em nosso instagram @primeiraipilondrina

Continue lendo

Mais Posts

Blog
Comunicação IPILON

Amar é abrigar

Então, lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher

Leia Mais »
Blog
Comunicação IPILON

Amar é consolar

Porque, quando chegamos à Macedônia, não tivemos nenhum alívio. Pelo contrário, em tudo fomos atribulados: lutas por fora, temores por dentro. Porém Deus, que consola

Leia Mais »
Notícias
Comunicação IPILON

Jantar do dia dos namorados

Neste dia 12 de junho, dia dos namorados, aconteceu o jantar em prol da construção do nosso novo Espaço Esperança. Tudo muito bem organizado pelas

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis