Boletim
Online

Author picture

Esse é o nosso informativo online. Aqui você encontrará nosso editorial da semana, notícias e o Roteiro de Célula.

Tema: Luz no ano-novo

Série "Veio a Luz"

Compartilhe:

Editorial

Então Moisés disse: “Se não nos acompanhares pessoalmente, não nos faças sair deste lugar” (Êxodo 33.15 – NVT).

Desde o nascimento de Moisés a presença de Deus foi marcante em sua vida. Encontrado às margens do Rio Nilo, foi criado pela filha do Faraó sob os cuidados de sua própria mãe Joquebede. Aos quarenta anos, Deus o chamou para libertar o povo de Israel da escravidão do Egito. Relutante, mas obediente, Moisés abraçou o desafio e se tornou o líder de Israel como nação. Ao longo dos anos, viu o Senhor numa sarça ardente, o cajado se transformar em serpente, pragas caírem sobre os inimigos, o Mar Vermelho se abrir, maná cair do céu, água sair da rocha, além da presença ininterrupta do Senhor por meio da nuvem durante o dia e coluna de fogo à noite. Viu a luz da presença do Deus Altíssimo até o fim de seus dias.

Êxodo 33.12-23, fala de um apelo que Moisés fez ao Senhor a respeito de uma nova jornada que se aproximava. Moisés precisava de luz. Em outras palavras disse: “Se o Senhor não for eu não vou”. Podemos adentrar o novo ano que se inicia com algumas convicções.

O Senhor se agrada de nós. No versículo 12 lemos que Moisés entendeu o chamado do Senhor para conduzir o povo, mesmo diante das incertezas. E, nesse momento tão delicado da caminhada, disse: Declaraste: Eu o conheço pelo nome e me agrado de você. Moisés foi designado pelo próprio Deus e isso era suficiente. Seu relacionamento com Deus era de muita proximidade. O amor do Senhor é incondicional, se agrada de nós e tem prazer nessa relação.

O Senhor nos mostra seus caminhos. Na sequência, no versículo 13, Moisés diz: Se é verdade que te agradas de mim, permita-me conhecer teus caminhos para que eu te conheça melhor. Essa é uma das frases mais relevantes que alguém pode dizer. O caminho do Senhor é perfeito e ele nos revela seus desígnios por meio de um relacionamento de intimidade. A ousadia de Moisés encontrou o favor do Senhor em sua resposta afirmativa.

O Senhor nos acompanha pessoalmente. O Senhor respondeu: Acompanharei você pessoalmente (v 14a). Não é fantástico ouvir de Deus essa promessa? Já imaginou entrarmos em 2024 ouvindo a voz do Senhor garantindo que nos acompanhará pessoalmente? A mesma promessa feita a Moisés está em vigor a nós por meio de Jesus, o Deus conosco, Emanuel, que prometeu que estaria conosco todos os dias (Mateus 28.20). Somos desafiados a crermos nessa promessa hoje e entrarmos em 2024 com todo entusiasmo e confiança.

O Senhor nos dá descanso. Esse é o resultado da companhia do Senhor, pois foi o próprio Senhor quem prometeu isso a Moisés: lhe darei descanso (v 14b). A essa altura Moisés ainda estava preocupado: Se não nos acompanhares não nos faça sair deste lugar… pois é tua presença em nosso meio que nos distingue (vv 15-16). Diante da incerteza de Moisés o Senhor lhe responde novamente: Me agrado de você e o conheço pelo nome (v 17).

Essa porção bíblica pode nos trazer luz no ano-novo. O Senhor nos conhece e se agrada de nós, isso é fato! Como um bom Pai nos mostra seus caminhos e nos acompanha pessoalmente com sua presença doce e fiel. Em cada luta e em cada conquista contaremos com seu favor e ele sempre nos dará descanso. Em 2024 vamos viver nessa dimensão e que a cada dia possamos saber que a presença do Senhor é a luz que clareia nossa jornada. Feliz e iluminado ano-novo a todos nós!

Pr. Daniel Zemuner Barbosa

Missão Integral

Família Poleto

Graça e paz!

Chegamos ao final de um ano de transição. No ano passado estávamos nos despedindo de tantas pessoas e lugares que certamente transformaram nossa vida e marcaram nossa trajetória. Porém, é inevitável ao olharmos para esse ano e vermos tanta bondade, cuidado e amor do Senhor que nos cercaram em todos os momentos. Tivemos um ano muito abençoado! Louvem ao Senhor conosco.

POC 2023

Louvamos a Deus pela conclusão do “Programa de Orientação ao Candidato”, ao qual servimos na coordenação. Foram quatro meses acompanhando três novos missionários, sendo ministrados vinte e nove diferentes orientações para o contexto missionário, entrevistas, testes psicológicos, prático ministerial com os ciganos, reuniões de oração e devocionais.

O próximo Programa acontecerá de março até junho de 2024. Temos no momento dez candidatos preenchendo os formulários de cinco estados do Brasil. Oremos pelos candidatos de 2024!

Comunhão

Temos sido muito abençoados pela comunhão na querida igreja, 8º IPB-BH, e com os irmãos tão acolhedores. Com certeza isso favoreceu nossa adaptação, pois o Senhor tem nos dado amigos queridos.

Família

Louvamos ao Senhor pelos dezoito anos que fizemos de casados, no mês que passou. Tudo começou

na WEC-Brasil. Estávamos nos preparando para ir ao campo missionário e o Senhor nos abençoou formando uma família. Louvamos ao Senhor pela vida dos nossos filhos, Estevão e Melina, que seguem firmes crescendo no Senhor. Tiveram excelência em seus estudos nesse ano, boa adaptação na escola, igreja e na nova dinâmica familiar.

Missões

Louvamos ao Senhor pelo privilégio que ele nos deu, ao longo desse ano, de participarmos de diversas ações missionárias em cultos, conferências, palestras, reuniões presenciais e on-line, mentorias de vocacionados e missionários. Somos gratos também por estarmos em contato constante com o povo yanomami. Nossa oração é que eles possam se render a Cristo e chegar ao conhecimento da verdade.

Louvamos ao Senhor pelos parceiros, amigos e familiares que nos acompanham em constante oração e apoio. Desejamos que todos tenham boas festas e que o Senhor conduza nossa vida para o louvor da sua glória.

No amor de Cristo,
Gabriel e Crislaine Poleto


INTERCESSÃO MUNDIAL

Afeganistão

A tomada do poder pelo Talibã em agosto de 2021 forçou a maioria dos cristãos a se esconder ou a fugir do país. Muitos (se não todos) grupos domésticos fecharam, com cristãos forçados a deixar tudo que possuíam para trás. Mais de um ano após a tomada do Talibã, qualquer promessa que fizeram sobre reconhecer liberdades se provou totalmente falsa. Seguir a Jesus permanece uma sentença de morte para os que forem descobertos.

A rígida forma de sociedade imposta pelo grupo militante não deixa espaço para divergência, o que significa que cristãos, quase todos convertidos do islamismo, devem manter a fé em segredo. Deixar o islamismo é considerado vergonhoso e punível de morte sob a vigência da lei islâmica. Consequentemente, cristãos de origem muçulmana enfrentam consequências violentas e extremas se a nova fé é descoberta, ainda mais se for descoberta por membros da família, que devem limpar sua “honra” livrando-se deles.

Milhares de refugiados afegãos agora vivem em países que fazem fronteira com o Afeganistão, muitas vezes em condições ruins nos acampamentos de refugiados, e muitos cristãos estão entre eles.

Quase todos os cristãos afegãos são convertidos do islamismo e não podem praticar a fé abertamente. Deixar o islamismo é considerado vergonhoso e punível de morte sob a vigência da lei islâmica. Se expostos, convertidos cristãos precisam fugir do país. A família, clã ou tribo muitas vezes escolhe “limpar sua honra” ao lidar com qualquer convertido conhecido. Após o Talibã tomar o controle do governo em 15 de agosto de 2021, a maioria dos cristãos tentou deixar o país e/ou se escondeu. A tomada provou ser um divisor de águas, principalmente para mulheres, que estão confinadas dentro das paredes de sua casa mais uma vez. Também para as minorias religiosas e étnicas, incluindo cristãos de origem muçulmana, que são vistas como apóstatas. Já que o Talibã consolidou o poder, apesar de parecer longe da unificação, convertidos têm que se adaptar e se conformar à rígida forma de sociedade implementada. A diminuição nas pontuações do país na pesquisa atual, principalmente de violência, não significa que a situação para os cristãos melhorou, mas que se tornou muito mais difícil estabelecer por quais motivos as pessoas enfrentam perseguição.

Pedidos de oração

– Ore por proteção para cristãos secretos e que a presença de Deus traga paz, alegria e esperança para o coração deles.
– Interceda para que aqueles que tiveram que fugir para países vizinhos sejam levados a lugares onde todas as suas necessidades sejam supridas.
–  Clame para que o Espírito Santo suavize o coração dos líderes do Talibã com relação a mulheres e minorias religiosas.

Fonte: Missão Portas Abertas

Tome Nota!

Cultos concentrados – No dia 31 de dezembro, nossos cultos serão concentrados no Espaço Esperança, às 10h e às 19h. Por isso, não teremos os cultos no Templo e no Espaço Palhano.

Cultos em janeiro – No mês de janeiro, não teremos cultos aos domingos, às 8h, no Templo da rua Mato Grosso; nem às 19h, no Espaço Palhano. Manteremos os cultos das 10h e das 19h no Espaço Esperança, além dos cultos nos Espaços Vila Marízia, União e Padovani.

Para a sua Célula

Princípio

Princípio da Cidadania

(Romanos 13.1-7; 1 Pedro 2.13-17; Mateus 5.13-16)

Comprometo-me a submeter-me às autoridades legitimamente constituídas sobre a minha vida e decido respeitá-las, honrá-las e orar por elas, sendo diligente no cumprimento de meus deveres como cidadão, refletindo, assim, o bom testemunho de Cristo.

Edificação na Célula

Texto Bíblico:

Êxodo 33.15

Interação:

Vamos refletir sobre a mensagem de Ano-Novo.

 

Crianças:

Sugerimos que as crianças participem do momento de edificação juntamente com os adultos.

 

Continue lendo

Nossos Boletins

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis