Pesquisar
Close this search box.

Promessas de justiça

Compartilhe:

Entregue o seu caminho ao Senhor, confie nele, e o mais ele fará. Fará com que a sua justiça sobressaia como a luz e que o seu direito brilhe como o sol ao meio-dia (Salmos 37.5-6 – NAA).

Estudiosos dizem que a Bíblia contém 7.487 promessas de Deus para o ser humano. Definitivamente, Deus decidiu encher a Bíblia de promessas para nos trazer segurança, esperança, paz, alegria e tudo o mais de bom. Só aqui em Salmos 37 identifiquei 48 promessas nos 40 versículos. Importante esclarecer que esse conjunto de promessas embarca um conjunto de princípios. As promessas dizem respeito ao que podemos esperar da parte do Senhor. Os princípios dizem respeito ao que o Senhor espera da nossa parte. Vamos nos ater aos versículos 5 e 6 para compreendermos promessas de justiça e os princípios que as regem.

Falando de princípios, da nossa parte: entregar nosso caminho e confiar no Senhor. Parece simples para nós, mas não é. Entregar, no hebraico, significa literalmente “rolar”, trazendo o sentido de empurrar, atirar, arremessar, jogar, desprender-se. É expressão forte, pois traz a intencionalidade de despejar nosso caminho nos braços do Senhor, nos livrando de qualquer tipo de controle e domínio. Nas palavras do apóstolo, entregar nosso caminho significa lançar nossas ansiedades sobre Deus (1 Pedro 5.7).

Mas a entrega não é feita de qualquer maneira. Deve vir acompanhada de confiança. Enquanto a entrega é algo público, objetivo, externalizado, verbalizado, a confiança é algo privativo, subjetivo, internalizado, silencioso. A entrega pode ser testemunhada pelas pessoas, mas a confiança real só é discernida por Deus. O Senhor ouve nossa entrega e enxerga nossa confiança, percebe o som dos lábios e sabe onde realmente está nosso coração (Isaías 29.13). Diante do Senhor são manifestos os pensamentos do coração (Lucas 2.35), pois o Senhor vê o coração (1 Samuel 16.7). É possível entregar sem confiar, mas quem confia entrega por completo. A chave está na confiança, portanto. Nossa grande luta é vencer a desconfiança. Reforçando: parece simples para nós, mas não é.

Falando de promessas, da parte do Senhor: fazer tudo o mais para nossa justiça e direito. O Senhor foi além, mas muito além. A expressão o mais ele fará revela a firme disposição do Senhor para nos trazer plenitude de justiça. Mas é necessário qualificarmos, corretamente, o significado de justiça aqui para não apequenarmos o sentido do texto. Não estamos falando somente de uma causa na Justiça. Estamos falando da Justiça de Deus em todas as causas. Nesse salmo, Davi chama a atenção de que, temporariamente, o ímpio parece levar a melhor e isso soa ser injusto. Ao invés de prender nossos olhos nessas injustiças, devemos olhar na perspectiva de Deus para entender que a justiça será feita e ninguém sairá impune. Daí sua instrução: Não se irrite por causa dos malfeitores, nem tenha inveja dos que praticam a iniquidade. Pois em breve eles secarão como a relva e murcharão como a erva verde (Salmos 37.1-2 – NAA). Essa afirmação é repetida onze vezes (versículos 9, 10, 13, 15, 17, 20, 22, 28, 34, 36, 38). Ou seja, o texto está falando de uma justiça definitiva e não transitória, final e não parcial, plena e não imperfeita.

Agora, só pode experimentar justiça plena quem é plenamente justo. Seria injusto promover justiça a quem é injusto. Aqui está o cerne: quem entre nós pode dizer que é justo? Como disse Salomão: Não há nenhum justo sobre a terra que faça o bem e que não peque (Eclesiastes 7.20 – NAA). Portanto, toda a humanidade está sob condenação. Só Jesus é justo e só ele pode nos justificar. Fez isso pagando o alto preço de seu sacrifício na cruz para nos absolver, conquistar justiça e originar direitos diante de Deus para todo o sempre. Reforçando: o Senhor foi além, mas muito além.

A promessa é clara: haverá justiça como a luz que sobressai e direito como o sol ao meio-dia. O princípio também é claro: é essencial entrega completa do caminho e confiança plena no Senhor. Diante dessa maravilha, resta-nos adorar ao Senhor com todo o coração.

Pr. Rodolfo Montosa

Continue lendo

Mais Posts

Blog
Comunicação IPILON

Promessas de alegria

Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, à tua direita, há delícias perpetuamente (Salmos 16.11 – NAA).

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis