Pesquisar
Close this search box.

Resumo do mês de setembro

Compartilhe:

Neste mês de setembro, continuamos com o tema “Santo”. Refletimos a respeito de perdão, descanso, discipulado e legado, tudo sob a perspectiva da santidade, atributo daquele que é reto, íntegro, inteiro, irrepreensível, sem manchas, irretocável. Jesus, reflexo do Pai, é santo, e, como tal, nos deixou seu Espírito, que também é santo. Assim, em todos os aspectos de nossa vida é necessário seguir a Cristo, não como meros devotos, antes como verdadeiros discípulos.

Santo perdão (Lucas 22.31-34; 54-62). A Palavra de Deus fala do seu amor; amor que vai além, expressado por Jesus e que, hoje, pode ser vivido por intermédio do Espírito Santo. O perdão é fruto da magnífica mente de Deus. Como o sol, o perdão derrete as geleiras da mágoa e do ressentimento. Mesmo após Pedro tê-lo negado por três vezes, Jesus o perdoou. O perdão é necessário porque a ofensa é previsível. Mas Jesus revelou a chave do perdão: conversar e interceder pelo ofensor. Por ser puro e perfeito, Jesus representa vitória no perdão. Por isso, o perdão estava disponível a Pedro e, hoje, a nós. Jesus é o santo perdão.

Santo descanso (Mateus 11.28-30) “Venham a mim todos vocês que estão cansados e sobrecarregados, e eu os aliviarei.” Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil possui o mais alto índice de ansiedade do mundo. Definitivamente, somos uma sociedade cansada, esgotada, fatigada. Corpo exaurido, mente acelerada, espírito abatido. Mateus revela a derradeira fonte de descanso: Jesus. O povo judeu vivia oprimido pela religiosidade. O peso da lei mosaica servia de muralha intransponível à salvação. Jesus trouxe algo inédito: Venham a mim os cansados. Nele, e somente nele, há descanso. Jesus é o santo descanso.

Santo discipulado (Mateus 28.18-20). Jesus é o caminho, o Mestre perfeito, a fonte de todo conhecimento. Ministra ao nosso coração na medida exata da nossa necessidade. Um discipulado baseado em Cristo conta sua autoridade, sua Palavra, modelo estabelecido por Deus e promessa: à medida que sou discípulo, percebo a presença de Jesus em cada segundo de minha vida. Santo discipulado é a nossa missão. É a missão da nossa igreja: Ser e fazer discípulos de Cristo!

Santo legado (Atos 13.22, 36).  Em sua primeira viagem missionária, Paulo falou do legado de Davi. Jesus, seu descendente, deixou seu legado. Por isso, Paulo estava ali anunciando as boas-novas. No legado de Davi podemos observar três importantes aspectos. Familiar: instruiu seu filho Salomão a servir a Deus de todo seu coração. Comunitário: reinou por 40 anos, unificou e fez prosperar os reinos de Israel e Judá. Espiritual: Até hoje, os salmos de Davi emocionam e nos fazem olhar para Deus com esperança. Sua intimidade com Deus é algo que devemos buscar. Que legado queremos deixar? Seja qual for, precisamos construí-lo desde já. Jesus é o santo legado.

Sejamos santos, porque Jesus é santo.

Por Paulo Povedano

Continue lendo

Mais Posts

Blog
Comunicação IPILON

Amar é abrigar

Então, lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Dispõe-te, e vai a Sarepta, que pertence a Sidom, e demora-te ali, onde ordenei a uma mulher

Leia Mais »
Blog
Comunicação IPILON

Amar é consolar

Porque, quando chegamos à Macedônia, não tivemos nenhum alívio. Pelo contrário, em tudo fomos atribulados: lutas por fora, temores por dentro. Porém Deus, que consola

Leia Mais »
Notícias
Comunicação IPILON

Jantar do dia dos namorados

Neste dia 12 de junho, dia dos namorados, aconteceu o jantar em prol da construção do nosso novo Espaço Esperança. Tudo muito bem organizado pelas

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis