#tamojunto no consolo

Compartilhe:

Porque desejo muito vê-los, a fim de repartir com vocês algum dom espiritual, para que vocês sejam fortalecidos, isto é, para que nos consolemos uns aos outros por meio da fé mútua: a de vocês e a minha (Romanos 1.11-12 – NAA).

Muitas são as vezes que a vida nos machuca. Sofremos perdas relevantes, passamos por luto, falimos em alguma de nossas iniciativas, “quebramos a cara” em algum de nossos empreendimentos, somos atacados por pessoas, surpreendidos por calamidades, desenganados por diagnósticos fatais. A boa notícia é que, para cada circunstância adversa, existe a provisão do consolo em Deus. Há consolo aos que choram, pois terão suas lágrimas enxugadas (Mateus 5.4; Apocalipse 21.3-4); aos que estão em luto, pois a ressurreição e a vida eterna foram conquistadas por Cristo (1 Tessalonicenses 4.18); aos que estão sobrecarregados, pois receberão alívio (Mateus 11.28-30); aos que passam por aflições no mundo, pois Jesus venceu o mundo (João 16.33). Dentre muitas maneiras de como o consolo é liberado sobre nós, destaca-se a forma de estarmos juntos e nos ministrarmos uns aos outros.

Há consolo na presença pessoal (Porque desejo muito vê-los). Paulo tinha experimentado pessoalmente essa verdade em momento de grande tribulação: Porque, quando chegamos à Macedônia, não tivemos nenhum alívio. Pelo contrário, em tudo fomos atribulados: lutas por fora, temores por dentro. Porém Deus, que consola os abatidos, nos consolou com a vinda de Tito (2 Coríntios 7.5-6 – NAA). Jesus também sabia do grande valor da presença de amigos e irmãos em momentos difíceis. Por isso, levando consigo Pedro, Tiago e João, começou a sentir-se tomado de pavor e de angústia. E lhes disse: — A minha alma está profundamente triste até a morte; fiquem aqui e vigiem (Marcos 14.33-34 – NAA). Da mesma maneira, precisaremos de amigos, ou de nos tornarmos esses amigos, que estão bem pertinho no momento de dor.

Há consolo no repartir dos dons espirituais (a fim de repartir com vocês algum dom espiritual). Quando Jesus anunciou que o Pai enviaria o Espírito Santo, ele o chamou por mais de uma vez de “Consolador” (João 14.16, 26; 15.26; 16.7). Isso significa que é natural às manifestações dos dons espirituais promover consolo real e profundo. Paulo ensinou, por exemplo, que o que profetiza fala para as pessoas, edificando, exortando e consolando (1 Coríntios 14.3 – NAA). Enquanto edificar traz o sentido de acrescentar algo de Deus e exortar traz o sentido de chamar para perto de Deus, consolar traz o sentido do falar de perto de Deus. Ou seja, o consolo acontece não somente na presença pessoal, mas na presença pessoal carregada da presença do Espírito Santo, que habita em nós e que se manifesta por meio de seu fruto e dons.

Há consolo no ambiente de fé mútua (para que nos consolemos uns aos outros por meio da fé mútua: a de vocês e a minha). Paulo revela a verdade de que a fé é fortalecida com fé: minha fé fortalece a sua, assim como a sua fortalece a minha. Esse intercâmbio potencializa o consolo. Ora, em sentido oposto, o consolo é prejudicado no ambiente da incredulidade e do desespero (oposto à esperança). Por isso, nada melhor para nos consolar do que a fé de alguém que passou pela mesma luta. Como está escrito: É ele [Deus] que nos consola em toda a nossa tribulação, para que, pela consolação que nós mesmos recebemos de Deus, possamos consolar os que estiverem em qualquer espécie de tribulação (2 Coríntios 1.4 – NAA).

Mesmo que a vida nos machuque, encontramos alívio na presença de irmãos em Cristo, conforto no dom espiritual repartido e bálsamo no ambiente de fé gerado. Ao sermos consolados, encontramos forças para continuar. Não vale a pena viver de maneira isolada, desconectada dos relacionamentos com os irmãos na fé. Integre-se em profundidade e experimente todas as bênçãos de Deus que são liberadas na vida de uns aos outros. E que, assim, vivamos a verdade: #tamojunto no consolo.

Pr. Rodolfo Montosa

Continue lendo

Mais Posts

Blog
Comunicação IPILON

#tamojunto na pureza

Quem subirá ao monte do Senhor? Quem há de permanecer no seu santo lugar? O que é limpo de mãos e puro de coração, que

Leia Mais »
Notícias
Comunicação IPILON

Espaço Água Pura

Culto marca o início do nova formato de atuação. Sobre as mudanças A associação Água Pura tem vivido dias de mudança, para a glória de

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis