Pesquisar
Close this search box.

Resumo das pregações de maio

Compartilhe:

Neste mês de maio trabalhamos uma característica marcante do povo de Deus: avivamento. Avivar é renovar, realçar, estimular, despertar, animar, dar vida. Os verbos denotam ação. Portanto, assim deve agir a igreja do Senhor: avivando uns aos outros pelo despertar do Espírito Santo que habita em nós. Os subtemas foram:

Discípulos avivados: Mas vocês receberão poder, ao descer sobre vocês o Espírito Santo, e serão minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até os confins da terra (Atos 1.8). A passagem retrata a descida do Espírito Santo na festa de Pentecostes. Foi o cumprimento do que Jesus havia dito aos discípulos dez dias antes, quando da sua ascensão aos céus. O avivamento nasce do alto, segue para fora e alcança o mundo por meio do testemunho. Nos cabe testemunhar da presença do Espírito com entusiasmo, em todo lugar e a todo tempo.

Mães avivadas: Quando Pedro se deu conta disso, foi à casa de Maria, mãe de João Marcos, onde muitos estavam reunidos para orar (Atos 12.12). Mães avivadas fazem da sua casa extensão da igreja, investem tempo na oração, testemunham com urgência e geram filhos cheios do Espírito. Qual o caminho certo para o avivamento? Somente Jesus. Mães, estejam firmes, continuem plantando que a colheita será farta. Não se esqueçam: vocês são lindo projeto de Deus.

Amizades avivadas: A Bíblia valoriza a amizade. É projeto de Deus. O Pai chamou a Abraão, amigo. A sabedoria de Salomão, em Provérbios, testificou a importância da amizade. Estudo de Harvard revelou o segredo da felicidade: bons e sólidos relacionamentos. Povo cheio do Espírito Santo sabe construir ambiente de amizade avivada. Paulo soube fazê-lo muito bem (Atos 21.7-16). Esse ambiente é relacional, espiritual e respeitoso. Jesus: nossa melhor referência de amizade avivada.

Caminhos avivados: No dia de Pentecostes, 28 de maio, fomos ministrados a respeito das viagens missionárias de Paulo e como elas nos ensinam a respeito de caminhos avivados. O não de Deus é tão abençoador quanto o sim. Se estivermos atentos à voz do Espírito Santo, teremos discernimento para entender o que fazer e o que não fazer. O alinhamento dos três faróis leva navios ao porto de forma segura. Do mesmo modo, os testemunhos da Palavra, interior e da família da fé, quando alinhados, nos levam a caminhos avivados.  

Igreja avivada, um caminho sem volta, fruto do olhar de Deus para seus filhos amados.

Por Paulo Povedano

Continue lendo

Mais Posts

Notícias
Comunicação IPILON

Promessas

No dia 8 de abril tivemos o culto de lançamento da campanha de jejum e oração, que tem como tema: Promessas. Foi um tempo especial

Leia Mais »
Blog
Comunicação IPILON

Promessas de justiça

Entregue o seu caminho ao Senhor, confie nele, e o mais ele fará. Fará com que a sua justiça sobressaia como a luz e que

Leia Mais »
Notícias
Comunicação IPILON

A geração de Dorcas

No domingo, 7 de abril, recebemos a Cia Nissi de teatro nos cultos do Espaço Esperança, com a peça “A geração de Dorcas”. A Companhia

Leia Mais »

Olá! Nós somos uma igreja em células.

Menu
Institucional
Missão Integral
Voluntariado

Login no Basis